Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

3ª vitória seguida: CSA bate o Cruzeiro de virada e entra na briga pelo acesso: 2 x 1

Azulão repete placar do primeiro turno e consegue se aproximar do G-4

Um reencontro especial aconteceu na tarde deste domingo (26), no Estádio Independência, em Belo Horizonte. Cruzeiro e CSA fizeram um confronto quente pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Apesar da rivalidade e equilíbrio, o Azulão conseguiu manter o tabu sobre o time cruzeirense, com uma vitória por 2 a 1. Yuri e Iury Castilho marcaram os gols azulinos, enquanto Claudinho fez o da Raposa.

Com o resultado, o time alagoano engatou a terceira vitória seguida e subiu para a 7ª posição, agora com 38 pontos. A equipe fica apenas seis pontos atrás do rival CRB, que é o 4º. Já o Cruzeiro fica com 31 pontos, ainda em 13º, com cinco pontos acima do atual 17º colocado, que é o Brusque.

Leia também

Na próxima rodada Cruzeiro e CSA voltam a campo no mesmo dia, na quarta-feira (29). Os dois clubes terão a dupla campineira pela frente. A Raposa desafia o Guarani, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, às 19 horas. Já o Azulão recebe, mais tarde, a Ponte Preta no Rei Pelé, a partida acontece às 21h30.

1º Tempo

A rivalidade entre CSA e Cruzeiro veio crescendo desde 2019 e o reflexo disso foi mostrado nos primeiros minutos, com a temperatura altíssima e entradas fortes. A primeira finalização do jogo veio aos 7 minutos, quando o meia Claudinho arriscou de fora, porém, foi longe do gol. No gol, a primeira finalização aconteceu aos 10 minutos, quando Adriano arriscou, mas Thiago Rodrigues segurou bem.

Com muitos erros simples do Azulão, logo a Raposa passou para um estilo de jogo mais ofensivo. Isso ficou explícito quando o Cabuloso conseguiu linda jogada aos 21 minutos, Thiago lançou para Felipe Augusto, que venceu facilmente a zaga e chegou livre para finalizar, mas Thiago Rodrigues defendeu com a perna direita, salvando o CSA. Aos 26, o time azulino até subiu, mas não conseguiu finalizar na meta cruzeirense.


				
					3ª vitória seguida: CSA bate o Cruzeiro de virada e entra na briga pelo acesso: 2 x 1
Marco Túlio foi um dos azulinos mais insinuantes do primeiro tempo. Augusto Oliveira/CSA

Com 28 minutos, enfim, o time marujo teve uma chance perigosa. Bruno Mota recebeu um lindo passe na entrada da área, girou bem e finalizou para uma grande defesa de Fábio. Na metade final, houve um claro crescimento do time alagoano, porém, não conseguiu grandes oportunidades. Com 40 minutos, a partida tinha apenas cinco finalizações.

Na sexta finalização do jogo, enfim veio a precisão. Mateus Pereira deu belo cruzamento pelo lado esquerdo e encontrou Claudinho, que, na segunda trave, entrou de carrinho e mandou a bola para o fundo das redes, aos 41 minutos. O gol foi confirmado após quatro minutos da análise do VAR. Após o gol, a pressão cruzeirense seguiu, entretanto, Thiago Rodrigues não teve muito trabalho, encerrando o primeiro tempo com 1 a 0 no placar.

2º Tempo

Com a derrota, o Azulão logo começou o segundo tempo partindo para cima. Yuri arriscou do lado direito da área, mas Fábio conseguiu encaixar de forma segura. A pressão seguiu e Gabriel colocou uma bola na medida para o volante Yuri, o mesmo que havia finalizado no primeiro minuto. O volante dominou no peito e marcou um golaço no Independência, aos 5 minutos: 1 a 1.

A resposta do Cruzeiro só aconteceu com 8 minutos. Claudinho chutou de fora, mas a bola fraca ficou fácil para o goleiro azulino. Quem trabalhou também foi Fábio, aos 12 minutos. Bruno Mota mandou uma bomba na cobrança de falta e o experiente arqueiro só fez espalmar, por segurança.


				
					3ª vitória seguida: CSA bate o Cruzeiro de virada e entra na briga pelo acesso: 2 x 1
Azulão conseguiu seis pontos nos confrontos com a Rposa. Augusto Oliveira/CSA

Com o roteiro parecido com o jogo do turno, o CSA conseguiu a virada da partida, e com o mesmo personagem: Iury Castilho. O atacante apareceu como fator surpresa aos 18 minutos, pelo lado esquerdo. Cristovam cruzou na medida e o atacante finalizou no lado contrário de Fábio, o deixando sem chances de defesa: 2 a 1 para o Azulão do Mutange.

Novamente sofrendo com uma virada relâmpago, o time mineiro partiu para cima do Azulão, contudo, sem muita efetividade. Mozart logo armou seu time com jogadores mais cautelosos e que jogam na última linha. O técnico tirou o autor do gol Iury Castilho e colocou o volante Giva Santos, para proteger a defesa.

Com o clima quentíssimo, Rafael Sóbis perdeu o controle na hora de reclamar com a arbitragem e acabou sendo expulso aos 40 minutos. Assim, o Cruzeiro ficou completamente perdido em campo, sem conseguir atacar. Geovane ainda tentou, aos 47 minutos, com um chute de longe que passou próximo do travessão. No fim, novamente, o Cruzeiro não reagiu e sofreu mais uma derrota para o time alagoano.

Ficha técnica

Cruzeiro - Fábio; Raul Cáceres, Ramon, Léo Santos e Matheus Pereira; Adriano (Giovanni), Rômulo (Marco Antônio), Lucas Ventura (Ariel Cabral) e Claudinho, Felipe Augusto (Vitor Leque) e Thiago (Rafael Sóbis). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

CSA - Thiago Rodrigues; Cristovam, Matheus Felipe, Lucão e Kevyn (Éverton Silva); Geovane, Yuri (Silas) e Gabriel (Renato Cajá); Iury Castilho (Giva Santos), Marco Túlio e Bruno Mota. Técnico: Mozart

Cartões amarelos - Thiago (Cruzeiro); Ariel Cabral (Cruzeiro); Matheus Pereira (Cruzeiro); Cristovam (CSA); Raul Cáceres (Cruzeiro)

Cartões vermelhos - Rafael Sóbis (Cruzeiro)

Árbitro - Flavio Rodrigues de Souza (FIFA)

Assistentes - Hugo Alex Ribeiro (CBF/SP) e Anderson José de Moraes Coelho (CBF/SP)

Árbitro de vídeo - Gilberto Rodrigues Castro Junior (CBF/PE)

Assistente de vídeo - William Machado Steffen (CBF/SC)

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas