Alagoanos conhecem possíveis adversários na Copa do Brasil do próximo ano

ASA pode enfrentar alguma pedreira da Série A, enquanto dupla CRB e CSA jogará como visitante

O Ranking da CBF foi divulgado nesse final de semana, com isso, os clubes alagoanos conheceram suas posições. O CRB é o primeiro entre os times do Estado, em 27º, mas com o CSA na cola, já que está em 28º. Por fim, o ASA está na 87ª posição. O ranking foi extremamente importante para esses três clubes, pois conheceram os seus potes no sorteio da Copa do Brasil 2023, que ainda não tem data para acontecer.

Seguindo os parâmetros dos últimos anos, a Copa do Brasil tem um modelo simples de sorteio. Os 80 times classificados para a primeira fase, porém, divididos em oito potes de dez times cada. E esses potes são divididos pelas posições dos clubes no Ranking da CBF (do melhor para o pior ranqueado).

CRB e CSA acabaram ficando no mesmo pote da Copa do Brasil - Foto: Ailton Cruz

Com isso, o sorteio prevê que os confrontos aconteçam da seguinte forma: Pote A x Pote E; Pote B x Pote F; Pote C x Pote G e Pote D x Pote H. Além disso, como a primeira fase é definida em jogo único, a equipe pior ranqueada joga em casa, porém, o visitante se classifica com o empate, apesar das diversas reclamações com este regulamento.

O ASA é o que está em uma situação mais delicada. Por conta da sua posição no ranking, o Gigante caiu, justamente, no Pote E, das equipes que irão enfrentar alguém do Pote A. Ou seja, há dez opções para serem adversários do Fantasma: Santos, Grêmio, América-MG, Atlético-GO, Ceará, Bahia, Red Bull Bragantino, Botafogo, Goiás ou Cuiabá. Em 2022, o ASA enfrentou o Cuiabá, em Arapiraca, e perdeu por 2 a 0.

ASA foi eliminado pelo Cuiabá, no começo desta temporada - Foto: Ailton Cruz

Já CRB e CSA estão um pouco mais tranquilos. A dupla maceioense caiu junta no Pote B, ou seja, deverá ter um adversário mais tranquilo na primeira fase da competição. O lado ruim é que ambos decidem como visitantes. Os possíveis adversários de Galo e Azulão estão no Pote F, que são: União Rondonópolis, Real Noroeste, Retrô, Marcílio Dias, Tuna Luso, Fluminense do Piauí, São Luiz de Ijuí, Nova Iguaçu, Humaitá e Trem.

Na atual temporada, o Galo acabou sendo eliminado ainda na primeira fase, após perder para a Portuguesa-RJ. Já o CSA foi bem e avançou até a terceira fase, quando caiu para o América-MG.

Apesar disso, a boa notícia do ranking é que todos os três alagoanos conseguiram posições melhores, em relação ao ano passado. O CRB pulou de 28º para 27º, enquanto o CSA saiu de 30º e fechou em 28º. O ASA teve a maior melhora, já que saiu de 91º para 87º.

Azulão durou apenas até o América Mineiro, na terceira fase da Copa do Brasil 2022 - Foto: Ailton Cruz

Os potes da Copa do Brasil 2023:

  • Pote A: Santos, Grêmio, América-MG, Atlético-GO, Ceará, Bahia, Red Bull Bragantino, Botafogo, Goiás ou Cuiabá;
  • Pote B: Juventude, Vasco, Coritiba, Chapecoense, Avaí, CRB, CSA, Vitória, Vila Nova e Ponte Preta;
  • Pote C: Sampaio Corrêa, Guarani, Criciúma, Operário Ferroviário, Londrina, Náutico, Remo, Tombense, Brasil de Pelotas e Brusque;
  • Pote D: ABC, Ituano, Manaus, Volta Redonda, Ypiranga de Erechim, Ferroviário, Botafogo-PB, Santa Cruz, Brasiliense e América de Natal;
  • Pote E: Campinense, Jacuipense, São Raimundo-RR, Tocantinópolis, Bahia de Feira, Caldense, Atlético de Alagoinhas, ASA, Sergipe e Ceilândia;
  • Pote F: União Rondonópolis. Real Noroeste, Retrô, Marcílio Dias, Tuna Luso, Fluminense-PI, São Luiz de Ijuí, Nova Iguaçu, Humaitá e Trem;
  • Pote G: São Bernardo, Vitória-ES, Nova Mutum, Pacajus, Tuntum, Caucaia, Real Ariquemes, Maringá, Operário-MS e Marília;
  • Pote H: Cordino, Parnahyba, Resende, Athletic Club, Democrata GV, Camboriú, Águia de Marabá, Falcon, Princesa dos Solimões e São Francisco-AC.