Alagoano Victor de Oliveira fatura duas medalhas no Sul-Americano de Kung Fu, na Argentina

Victor conquistou prata na categoria Jiu Jie Bien, além do lugar mais alto do pódio no Outros Estilos do Sul

Alagoas volta a ser representado em grande estilo fora do País. Nesse domingo (13), pelo 3º Sul-Americano de Kung Fu, realizado em Buenos Aires, na Argentina, o alagoano Victor de O faturou duas medalhas, sendo uma prata e um ouro, em duas categorias distintas. Apesar do segundo lugar na categoria Jiu Jie Bien, o lutador conquistou o título de campeão na categoria Outros Estilos do Sul.

As duas categorias fazem parte da modalidade Taolu, que funciona com um estilo de luta coreografado e individual. Ou seja, o atleta não tem um adversário direto e trabalha com as mãos livres ou utilizando armas como bastão, facão, espada ou lança, em uma apresentação. Assim como na ginástica, vence aquele que fizer os movimentos com maior exatidão, julgado pelos juízes.

Para conquistar o ouro, Victor optou trabalhar com as mãos livres, obtendo uma incrível nota de 8,25. Já no Jiu Jie Bien, o alagoano utilizou correntes e também ficou com 8,25, porém, foi superado por um atleta peruano.

Victor posa com as duas medalhas conquistadas no Sul-Americano - Foto: Cortesia

Colecionando títulos

Não é a primeira vez que Victor representa tão bem Alagoas e o Brasil. Com as conquistas na Argentina, o currículo só cresceu. O lutador acumula medalhas dos Campeonatos Alagoano, Nordestino, Brasileiro e Internacional, além de competições interestaduais.

São mais de 16 anos como atleta do Kung Fu, onde já representou a Universidade Federal de Alagoas (UFAL), além de ser convocado para a Seleção Brasileira. No Brasileiro de Kung Fu, ele conquistou o bronze em duas modalidades: com armas maleáveis e Mãos Sul (sem armas). No Campeonato Brasileiro Universitário, Victor trouxe outras três medalhas para Alagoas: duas de prata (Armas Longas e Mãos Sul) e uma de bronze (Nanquan).

Antes de embarcar para a Argentina, Victor ainda competiu, mais uma vez, no Campeonato Brasileiro e Universitário de Kung Fu 2022, em Goiânia, dessa vez trazendo ouro nas armas maleáveis, prata em outras mãos do Sul e mais um ouro no universitário.

Victor durante uma de suas apresentações - Foto: Cortesia