Ainda sonhando com o acesso, CSA recebe o Confiança pela Série B

Azulão está a três pontos de distância do G4 e pode diminuir; jogo será nesta sexta (12), às 21h30, no Rei Pelé

Nesta sexta (12), o CSA tem mais uma “final” pela Série B. Às 21h30, no Estádio Rei Pelé, o Azulão recebe o Confiança, pela 36ª rodada da Segundona. Mais distante do G4 da competição, os alagoanos não podem perder mais pontos se quiserem conquistar o acesso, faltando apenas mais três jogos.

Na rodada passada, o Azulão teve um verdadeiro jogo de seis pontos. Contra o Avaí, na Ressacada, em confronto direto pelo acesso, o CSA ficou só no empate. Os alagoanos abriram o placar, mas não suportaram a pressão e cederam à igualdade. Agora, o Azulão tem 55 pontos e é o 7º colocado, três pontos atrás do Goiás, em 4º.

Enquanto o lado azul de Alagoas briga para subir, o lado azul de Sergipe luta contra a degola. Na última rodada, o Confiança conseguiu arrancar um empate do Náutico, em casa, e perdeu mais uma posição na tabela. Agora, o Dragão ocupa a 19ª colocação, com apenas 35 pontos, três atrás do Brusque, primeiro time fora do Z4.

CSA

A partida contra o Avaí era considerada vital na luta pelo acesso do CSA. Com somente um empate em Florianópolis, vencer os próximos três jogos se tornou fundamental para qualquer sonho azulino na competição. De acordo com a UFMG, as chances de o Azulão conquistar uma vaga na Série A de 2022 é de 21,8%.

Para buscar os três pontos contra o Confiança, Mozart, que completou 60 jogos na partida contra o Avaí, terá alguns desfalques importantes. Titular absoluto na meta do CSA, Thiago Rodrigues levou o terceiro amarelo e vai cumprir suspensão, assim como o atacante Iury Castilho e o volante Giva Santos.

Iury Castilho em ação pelo CSA. Vasco está possivelmente interessado no atacante - Foto: Ailton Cruz

O meia Didira, que ficou de fora dos últimos jogos, com uma lesão, deverá voltar a ser relacionado, mas a tendência é que comece a partida no banco, com Renato Cajá, Yuri e Geovane mantidos no meio-campo titular.

No gol, Lucas Frigeri deverá ser titular, enquanto Marco Túlio assumirá a vaga do atacante. No restante da equipe, Mozart deverá manter a base que vem apresentando boas exibições nesta reta final de Série B.

O provável time do CSA é: Lucas Frigeri, Éverton Silva, Matheus Felipe, Lucão e Kevyn; Geovane, Yuri e Renato Cajá; Gabriel, Marco Túlio e Dellatorre.

CONFIANÇA

Com o passar das rodadas, a missão de fugir do rebaixamento vai ficando cada vez mais difícil para o Confiança. Segundo a UFMG, as chances de degola já estão em 89,3%. Após o empate com o Náutico, o atacante Neto Berola afirmou ainda acreditar na salvação.

“Nosso time não fez um bom primeiro tempo, mas, no segundo tempo, tivemos muitas chances. Eu mesmo tive umas três a quatro. Infelizmente não fiz o gol. Agora é trabalhar. Enquanto houver chances, nós vamos trabalhar para sair desta situação”, disse o jogador.

Luizinho Lopes não terá desfalques para enfrentar o CSA - Foto: Lucas Almeida/ADC

Para enfrentar o CSA, a tendência é que o técnico Luizinho Lopes repita a escalação que entrou em campo contra o Timbu. O Dragão não tem desfalques por lesão ou suspensão nesta rodada.

O provável Confiança é: Rafael Santos, Jonathan Bocão, Nirley, Adalberto e João Paulo; Madison, Rafael Vila, Álvaro e Willians Santana; Ítalo e Hernane Brocador.

ARBITRAGEM

O trio de arbitragem será da Federação de Futebol do Distrito Federal. Savio Pereira Sampaio (CBF) apita o jogo, sendo auxiliado por Daniel Henrique da Silva Andrade (CBF) e José Reinaldo Nascimento Junior (CBF). O quarto árbitro será o alagoano Helder Brasileiro de Aquino (CBF). No VAR, Marco Aurelio Augusto Fazekas Ferreira (CBF-MG) comanda as ações, sendo auxiliado por Marcus Vinícius Gomes (CBF-MG).