Ainda buscando garantir permanência na Série B, CRB encara o Ituano, em São Paulo

Sem vencer há três partidas, Galo da Praia ligou o alerta em relação ao rebaixamento, enquanto Galo de Itu quer acesso

Neste sábado (1º), o CRB entra em campo pela 32ª rodada da Série B. A equipe enfrenta o Ituano, no Estádio Novelli Júnior, em Itu-SP, ainda buscando querendo sua permanência na 2ª divisão. Por outro lado, o time paulista alimenta o sonho de conquistar o acesso para a Série A. Em caso de vitória, o Rubro-Negro fecha a rodada em quinto. O embate inicia às 18h30.

Cenário

O CRB entra na rodada totalmente preocupado. Além de estar convivendo com uma má fase, o Galo foi ultrapassado pelo Tombense e agora ocupa a 12ª posição, com 40 pontos. Em um primeiro momento, o time parecia tranquilo, entretanto, os clubes do Z4 encostaram e a distância é de apenas cinco pontos atualmente. Por isso, a importância de garantir, rapidamente, sua permanência na Série B.

CRB não vence desde o dia 3 de setembro, quando bateu o Sport por 2 a 0 - Foto: Ailton Cruz

Por outro lado, o Ituano está motivado com um possível acesso. Com o empate entre Vasco e Londrina, o Galo de Itu tem a possibilidade de se intrometer de vez na briga pelo acesso. No momento, a equipe paulista está no oitavo lugar, com 44 pontos, cinco a menos que o quarto colocado. Assim, caso vença o CRB, ficará na cola do grupo ascendente.

CRB

O CRB vive o seu pior momento na era Daniel Paulista. O time regatiano já acumula três partidas sem vitórias na Série B. São duas derrotas e um empate, sendo que dois desse jogos aconteceram no Estádio Rei Pelé. Com isso, o que antes era esperança pelo acesso, tornou-se uma preocupação, brigando para apenas permanecer na Segundona.

Para este segundo jogo seguido fora de casa, a boa notícia para o técnico Daniel Paulista é que não há desfalques. O Departamento Médico está completamente vazio e também não há nenhum jogador suspenso. Com isso, a escalação deve vir com força máxima. O zagueiro Gilvan e o atacante Fabinho foram os últimos que saíram do DM.

Daniel Paulista não tem muitos problemas para enfrentar o Brusque - Foto: Ascom/CRB

Apesar de ter uma vasta possibilidade de escolhas, o time titular do Regatas possui uma certa unanimidade. A principal dúvida, porém, é na zaga. Posição mais criticada na fase ruim, Gum pode ter Gilvan de volta como companheiro de zaga. Entretanto, o experiente defensor precisará vencer a concorrência de Wellington Carvalho.

No ataque, também podem haver mudanças. O desempenho dos pontas Paulinho Moccelin e Emerson Negueba está um pouco abaixo, com isso, Fabinho, Gabriel Conceição e Richard têm chances de aparecer. Por isso, a escalação regatiana deve ter: Diogo Silva; Raul Prata, Gum, Wellington Carvalho (Gilvan) e Guilherme Romão; Claudinei, Juninho Valoura e Rafael Longuine; Emerson Negueba (Fabinho), Paulinho Moccelin (Gabriel Conceição ou Richard) e Anselmo Ramon.

ITUANO

O Ituano vive um dos momentos mais especiais nesta Série B. O clube do interior paulista chegou a brigar contra o rebaixamento, mas, desde a saída do técnico Mazola Jr. e da efetivação de Carlos Pimentel, o Galo reagiu. Inclusive, até o início da rodada, a equipe ostenta a segunda melhor campanha do returno, apenas atrás do líder Cruzeiro.

Se o CRB está sem desfalques, o Ituano está bem perto disso. Nenhum jogador está suspenso. Com isso, Carlos Pimentel poderá utilizar a equipe titular dos últimos confrontos. Os únicos desfalques são Neto Berola e Pacheco, que estão no Departamento Médico há um bom tempo. Aliás, o Rubro-Negro ainda deverá ter a volta do lateral esquerdo Roberto, que vem se recuperando de lesão.

Volante Lucas Siqueira deve ser titular contra o ex-clube - Foto: Rodrigo Corsi/Agência Paulistão

Na escalação titular, o Ituano não deverá ter grandes mudanças. O meio campo deve ser mantido com um quinteto, bem ofensivo, com Rafael Pereira, Lucas Siqueira, Caique, Léo Ceará e Gerson Magrão. Para o lugar de Caique, porém, ainda há possibilidade de Kaio ser escalado, ou o atacante Aylon ganhar nova chance. No ataque, Brenner deve seguir sozinho.

Com pequenas dúvidas e poucos ajustes, o Galo de Itu pode atuar com: Jefferson Paulinho; Raí Ramos, Rafael Ramos, Bernardo e Mário Sérgio; Rafael Pereira, Lucas Siqueira, Caique (Aylon ou Kaio), Léo Ceará e Gerson Magrão; Brenner.

Arbitragem

Quem fica no apito é André Luiz de Freitas Castro (CBF/GO). Já seus assistentes serão Leone Carvalho Rocha (CBF/GO) e Tiago Gomes da Silva (CBF/GO). Como quarto árbitro, a presença será de Lucas Canetto Bellote (CBF/SP). Na cabine de árbitro de vídeo, Elmo Alves Resende Cunha (CBF/GO) comanda como VAR, enquanto Ciro Chaban Junqueira (CBF/DF) será seu assistente.