Adversário indigesto: CSA não perde para o Confiança desde a Série C de 2017

Nesta sexta, as equipes se enfrentam às 21h30, no Trapichão. Na última vez que o Azulão recebeu o Dragão no Rei Pelé, aplicou 5 a 1, no ano passado

Nesta sexta-feira (12), às 21h30, no Rei Pelé, em Maceió, CSA e Confiança se enfrentam pela 35ª rodada da Série B do Brasileiro. O embate será o 38º das equipes na história, segundo o site o OGol. Com 18 vitórias e 63 gols, o Azulão é dono da melhor campanha.

No que lhe toca, o Dragão soma 11 conquistas e 48 bolas na rede, o que corresponde a 30%, já que os outros oito confrontos terminaram empatados. A titulo de curiosidade, a última vitória da equipe no confronto aconteceu há mais de quatro anos. No returno da Série C de 2017, Tito, de pênalti, e Álvaro levaram a melhor contra o goleiro Mota, no Batistão.

Por outro lado, na atual temporada, o CSA é muito superior. Enquanto os alagoanos brigam por uma vaga no G4, o Dragão é o vice-lanterna, com 35 pontos, e não depende somente dos próprios méritos para escapar do rebaixamento. Segundo o Departamento de Matemática da UFMG, o primeiro tem 21.8% de chances de acesso, e o segundo 89% de probabilidade de cair.

Em outras palavras, o CSA de Mozart Santos tem jogadores com mais qualidade técnica e tática do que o time dirigido por Luizinho Lopes. No setor ofensivo, Dellatorre e Iury Castilho, artilheiros dos alagoanos com 11 e 10 gols, nesta ordem, marcaram os dois tentos sobre o time sergipano, no Estádio Batistão, em Aracaju (SE), pela 17ª rodada. Mesmo tendo dificuldades, no segundo tempo, a equipe azulina conseguiu somar os três pontos.

Outro dado que favorece os alagoanos: o CSA está invicto há quatro partidas e não venceu na condição de mandante somente em nove: cinco empates e quatro derrotas. De outra forma, os paranaenses ganharam apenas duas vezes longe de seus domínios, contra o Vitória e o Londrina, times que também estão dentro do Z4.