A seis pontos do G-4, CSA reencontra o Brusque no Rei Pelé, pela Série B do Brasileiro

Azulão está invicto há cinco partidas e vai em busca da 13ª vitória na competição. Quadricolor está perto do Z-4, mas almeja o terceiro triunfo seguido; partida começa às 21h, com transmissão em Tempo Real da Gazetaweb

O CSA enfrenta o Brusque, neste sábado (9), pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro de 2021. A bola rola às 21h, no Estádio Rei Pelé, em Alagoas. O Azulão é o 7º colocado, com 42 pontos, e empatou sem gols contra o CRB no fim de semana.

O Quadricolor é o 16º, com 32, e venceu o Guarani, em casa, por 2 a 0. No primeiro turno, o time alagoano ganhou dos visitantes, por 3 a 2, em Santa Catarina. A saber, será apenas o segundo confronto entre as equipes na história.

Cenário

Depois de cinco vitórias seguidas, o CSA pouco fez no clássico alagoano há quase uma semana. Thiago Rodrigues salvou a equipe nas raras, mas boas chances de gols do Regatas. Mozart Santos apontou que o cansaço físico da sequência de jogos influenciou para o baixo desempenho da equipe.

"Eles (CRB) tiveram duas chances em contra-ataque no primeiro tempo. Nós não criamos tantas oportunidades assim, como nós vínhamos criando. É o quarto jogo em nove dias e os jogadores foram no limite da capacidade física. Então, acho que nós sentimos muito a sequência", disse o ex-futebolista.

Edu garantiu a vitória do Brusque sobre o Guarani. O atacante é o artilheiro da Série B com 15 gols - Foto: Gustavo Medeiros

A dois pontos do Z-4 e com 20% de risco de rebaixamento, o Quadricolor somou seis pontos cruciais nas últimas duas partidas. Venceu o Brasil-RS, fora de casa, por 2 a 0; e, no sábado (2), bateu o Guarani pelo mesmo placar, no Augusto Bauer.

Os triunfos deram um pouco de tranquilidade a Waguinho Dias, ao longo da semana, para recuperar os atletas. O treinador, aliás, gostou da obediência tática da equipe na vitória. "Tivemos oportunidades no primeiro tempo, mas no segundo fomos mais efetivos. Eles entenderam as modificações e a tomada de decisão". O atacante Edu marcou os dois gols da conquista.

CSA

O meia-atacante Gabriel tomou o terceiro cartão amarelo no clássico e cumpre suspensão. Mozart Santos deve escalar o veterano Renato Cajá e, eventualmente, colocar Didira no segundo tempo. Já o atacante Dellatorre, que não enfrentou o CRB, volta a ficar à disposição de treinador.

Por outro lado, os atacantes Clayton e Rodrigo Rodrigues já estão regularizados, mas só jogam contra o Goiás, na próxima rodada. O Azulão tem seis atletas pendurados: Thiago Rodrigues, Lucão, Fabrício, Matheus Felipe, Giva Santos e Yuri. Diante disso, a base titular vai ser a mesma. Isto é, com Matheus Felipe e Lucão na zaga, e a dupla Geovane e Yuri no meio de campo.

Lucão em ação no CT do Nelsão. CSA tem a 4ª melhor defesa da Série B com 23 gols sofridos - Foto: Augusto Oliveira/Ascom CSA

O CSA tem a 4ª melhor defesa na competição. Em 28 jogos, sofreu 23 gols. O desempenho depois do retorno de Mozart também agrada. Em sete jogos, o Gigante do Mutange soma sete vitórias, dois empates e uma derrota. Ainda, marcou nove gols e sofreu apenas quatro.

Assim, um provável CSA para este sábado tem: Thiago Rodrigues; Cristovam, Matheus Felipe, Lucão e Ernandes; Geovane, Yuri e Renato Cajá (Didira); Marco Túlio, Iury Castilho e Dellatorre.

Brusque

Waguinho aproveitou a semana para recuperar a parte física dos atletas e só pensa em manter o momento positivo do grupo. Ele conta com o bom retrospecto do time, fora de casa. Das nove vitórias, até então, o Quadricolor ganhou quatro na condição de visitante.

Para o duelo, o treinador conta com o retorno do atacante Maurício Garcez, ausente contra o Guarani; e do meia Marlone, liberado do departamento médico, após sofrer lesão. Assim, Jhon Cley, que vem ganhando espaço, fica no banco de reservas.

Waguinho Dias chegou no Brusque no dia 12 de setembro para substituir Jerson Testoni - Foto: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque

O goleiro Ruan Carneiro continua no lugar de Zé Carlos, que perdeu espaço, após falhas e suspensões. A equipe também tem jogadores pendurados para o duelo: Bruno Lopes, Diego Mathias, Éverton Alemão, João Carlos, Rodolfo Potiguar, Toty e Zé Mateus, estão com dois cartões amarelos.

No começo do mês, a diretoria apresentou quatro reforços: o meia Foguinho, o volante Evandro, o atacante Hugo Borges e o zagueiro Luizão. Todos podem estrear em Maceió. Nesse sentido, um provável Brusque para este jogo tem: Ruan Carneiro; Toty, Ianson, Alemão e Marcelo; Rodolfo Potiguar, Zé Mateus e Nonato; Thiago Alagoano, John Cley e Edu.

Arbitragem

O trio de arbitragem é da Federação do Mato Grosso do Sul. Paulo Cesar Zanovelli da Silva apita o duelo, com o auxílio dos assistentes Guilherme Dias Camilo e Ricardo Júnior de Souza. José Jaini Oliveira Bispo, de Alagoas, será o quarto árbitro e Wagner Reway, da Paraíba, opera o VAR.