Tentando se manter vivo na briga pelo acesso, CRB encara o líder Cruzeiro no Trapichão

Com pouco mais de 4% de chance de acesso, Galo tenta frear boa fase do clube mineiro, que está muito perto da Série A

Neste sábado (17), o CRB tem um desafio gigante pela 30ª rodada da Série B do Brasileiro. O clube regatiano vai receber o líder Cruzeiro, às 20h30, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. O confronto pode definir muita coisa no campeonato. Para o Galo, vale a sobrevida na briga pelo acesso. Já para a Raposa, o triunfo é providencial para ficar muito mais perto de garantir o acesso.

Panorama

O Galo fez quatro pontos nos últimos seis disputados, mas, aparentemente, nem isso vem sendo suficiente. A torcida, otimista na briga pelo acesso, deu uma desanimada, após o empate no Clássico das Multidões, por 1 a 1. Agora, o CRB está na 9ª colocação da Segundona, com 40 pontos, cinco a menos que o primeiro time do G4, que é o Vasco. Apesar disso, a equipe soma apenas 4,6% de chances de acesso.

CRB vem de empate com sabor de derrota, contra o CSA, na última rodada - Foto: Ailton Cruz

Agora, quem está por dentro do assunto acesso é o Cruzeiro. Líder disparado da Série B, a Raposa conta os dias para confirmar o retorno para a Série A, matematicamente. O clube celeste lidera a competição, com incríveis 62 pontos, com 11 pontos acima do vice-líder Bahia e uma gordura de 18 pontos em relação ao quinto, que é o Londrina. Tais condições já colocam o time mineiro com mais de 99,9% de chances de acesso.

CRB

O CRB defende um tabu importante nesta Série B. Com apenas uma derrota jogando no Trapichão, já são quase cinco meses sem perder em Maceió. Essa força dentro de casa ainda mantém uma certa esperança de acesso, contudo, aumenta a necessidade de um resultado positivo contra o líder do campeonato.

Apesar do desgaste intenso da reta final da temporada, o técnico Daniel Paulista não vem sofrendo com jogadores no Departamento Médico. O único que segue tratando lesão é o zagueiro Gilvan. Sem atuar há quase dois meses, mesmo que tenha condições, o atleta não deve aparecer entre os titulares. Com isso, a briga pela zaga deve seguir entre Diego Ivo e Wellington Carvalho. Este último, volta de suspensão.

Rafael Longuine deve voltar ao time titular contra o Santa Cruz - Foto: Ailton Cruz

O único problema entre os titulares é o meia Rafael Longuine. O jogador levou o terceiro amarelo contra o CSA e é provável que seja substituído pelo jovem Bruninho. Contudo, existe uma chance remota de um volante mais defensivo ser escalado na posição, casos de Yago e Uillian Correia.

A ideia de Daniel deve ser manter uma postura mais defensiva, principalmente para segurar a pressão do líder do campeonato. Com isso, a escalação do Galo deve ser: Diogo Silva; Raul Prata, Gum, Diego Ivo (Wellington Carvalho) e Guilherme Romão; Claudinei, Juninho Valoura e Bruninho (Yago); Emerson Negueba (Fabinho), Paulinho Moccelin e Anselmo Ramon.

CRUZEIRO

A matemática ainda não confirma, mas o sentimento na Toca da Raposa já é de festa. Com a vitória por 1 a 0, sobre o Operário, na rodada passada, a equipe mineira está muito perto de conquistar sua vaga na Série A de 2023. Para que isso se confirme o mais rápido possível, o Cruzeiro entra pilhado para tentar conquistar os três pontos em Maceió.

Sob o comando do uruguaio Paulo Pezzolano, o Zeirão tem 71% de aproveitamento e apenas três derrotas em 29 embates. Com todo esse retrospecto, o acesso pode vir na 32ª rodada. Para enfrentar o Galo, o técnico cruzeirense tem boas notícias. O meia Neto Moura e o atacante Rafa Silva cumpriram suspensão na última rodada e devem retornar entre os titulares.

Pezzolano tem como objetivo o título da Série B - Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Fora isso, o atacante Bruno Rodrigues assustou no início da semana, após sentir dores em um treinamento. Contudo, conseguiu uma boa recuperação e deverá ser escalado por Pezzolano. Porém, os desfalques seguem. O volante Willian Oliveira não joga, por estar suspenso. Além disso, o Cruzeiro não deve contar com as presenças de João Paulo e Waguininho, que estão no período de transição.

Embora existam boas opções de variações táticas, não é costume o técnico cruzeirense mudar sua formação, priorizando três zagueiros. Por isso, a escalação da Raposa deve ter: Rafael Cabral; Zé Ivaldo, Oliveira e Eduardo Brock; Machado, Pedro Castro, Matheus Bidu, Pais (Rafa Silva) e Neto Moura; Bruno Rodrigues (Luvannor) e Edu.

Arbitragem

Vinicius Gonçalves Dias Araujo (CBF/SP) apita o confronto no Trapichão. Daniel Paulo Ziolli (CBF/SP) e Vanessa Santos Azevedo (CBF/SP) ficam como assistentes. O alagoano José Ricardo Vasconcellos Laranjeira (CBF/SP) fica como quarto árbitro. No VAR, Vinicius Furlan (CBF/SP) comanda, enquanto Vitor Carmona Metestaine (CBF/SP) será o assistente de vídeo.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p