CSA e CRB fazem primeiro jogo da final do Campeonato Alagoano Sub-20

No Estádio Rei Pelé, rivais começam disputa do troféu da categoria a partir das 15 horas

Para o torcedor apaixonado, o ano não vai terminar sem Clássico das Multidões. Apesar de não ser pelo profissional, a garotada vem representando bem e, no feriado desta quinta-feira (12), CSA e CRB disputam o primeiro jogo da grande final do Campeonato Alagoano Sub-20. A bola rola no Rei Pelé, às 15 horas.

E, na decisão, o regulamento muda. Não há mais regra de resultados iguais. Isto é, em caso de empate no agregado, o confronto será decidido nos pênaltis.

Panorama

As equipes chegaram à grande decisão com moral, após uma campanha praticamente sem defeitos. O CSA chegou à final com apenas uma derrota, ainda na primeira rodada, para o Desportivo Aliança. Mesmo assim, foi líder do seu grupo e eliminou M10 Rio Largo, Guarani de Paripueira e DZM Passo antes da grande final.

O CRB, por outro lado, chega invicto. Também líder do seu grupo, o Galo teve adversários duros. Passou pelo CSE, campeão de 2021, pelo FF Sport e pelo Cruzeiro, atual vice-campeão. Isso faz com que os regatianos cheguem à grande decisão com moral, já que possuem a melhor campanha.

CSA

Um dos pontos que beneficiam o Azulão é o trabalho longo do técnico Daniel Abras. Nesta temporada, o treinador e o CSA tiveram experiências nacionais, com uma boa campanha na Copa do Brasil. Entretanto, o objetivo maior é levar o bicampeonato consecutivo do Alagoano.

O forte ataque é um dos fatores que pesam a favor dos azulinos. Apesar disso, o conjunto e o entrosamento são muito elogiados pelo treinador. Apesar de possuir uma formação tática definida, o técnico declarou que a escalação será uma surpresa.

Mesmo com as dúvidas, o time não tem problemas com desfalques. A provável escalação do CSA é: Lucas Matheus; Mateus Santos, Jacone, Denilson e Erik; Vinícius, Allyson, Russo e Cleverton; Rhyan e Thiago Lacerda.

CRB

A campanha do CRB foi praticamente impecável, fora alguns deslizes. O clube vem passando por uma grande evolução nas categorias e, após levar o troféu do Sub-17, o desejo é sair da fila no Sub-20. O título não vem há sete anos, desde 2016.

Um dos aspectos que dão esperança ao Galo é o treinador. Otávio Augusto, ex-Náutico, é um dos pilares da equipe que ainda está invicta e possui um ataque poderoso. Inclusive, o artilheiro do torneio é regatiano: Rodrigo Jessé, com oito gols. O jogador até começou a competição como reserva, mas rapidamente assumiu um lugar entre os titulares e não deve ser problema para a decisão.

Quem deve voltar à equipe é o volante Thiago Toledo, que briga por vaga com Pedro Hugo. No mais, o time é sem mistérios e a escalação deve ser: Pablo; Wallace, Saymon e Eduardo; Pedro Hugo (Thiago Toledo), Gabriel Barbosa, Douglas e Lucas Kallyel; Carlison, Rodrigo Jessé e Jailson.

Arbitragem

Felype Wanderley Tenorio Uruba (FAF) apita o duelo, com assistências de Lennon Mccartney Farias Paes (FAF) e Genilson Firmino da Silva (FAF). O quarto árbitro é Jose Edmilson Pedrosa da Silva (FAF).

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p