CRB vence Athletico e larga em vantagem na 3ª fase da Copa do Brasil

Galo domina as ações no Estádio Rei Pelé e jogará por empate em Curitiba para alcançar as oitavas de final

O CRB tem uma vantagem primorosa na Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira (12), no Estádio Rei Pelé, em Maceió, o Galo bateu o Athletico-PR pela partida de ida da terceira fase da competição, por 1 a 0, e jogará apenas por um empate na partida de volta para conseguir sua classificação.

O gol da vitória foi marcado no início do segundo tempo, pelo volante Anderson Leite. Assim, quem precisará sair para o jogo na volta será o Furacão. Inclusive, a segunda mão do confronto está programada para o dia 25 de abril, uma terça-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Para avançar, o time paranaense precisa vencer por dois ou mais gols de diferença. Qualquer vitória própria ou empate, classifica o CRB para as oitavas. Caso o Athletico vença por um gol de diferença, teremos pênaltis. Quem avançar, arrecada R$ 3,3 milhões em premiação.

Equipes fizeram o encontro de campeões estaduais no Estádio Rei Pelé - Foto: Ailton Cruz

Antes de se reencontrarem na Copa do Brasil, os dois clubes têm compromissos em outros campeonatos. No dia 22, o Galo joga fora de casa, contra o Atlético-GO, pela 2ª rodada da Série B, às 16 horas. O Furacão entra em campo neste sábado (15), pela primeira rodada da Série A, quando recebe o Goiás.

PRIMEIRO TEMPO

O jogo iniciou cheio de expectativas, mas com o Athletico tomando a iniciativa. Porém, nada de dar sustos. Quem chegou com perigo mesmo foi o Galo. Logo no primeiro minuto, Mike recebeu o passe e chutou de fora da área. A bola passou no cantinho, quase surpreendendo o goleiro Bento. O atacante apareceu novamente aos 3min, mas novamente finalizou para fora.

Acuado, o Athletico deixou o CRB com a bola nos primeiros minutos e tentou sair no contra-ataque. A primeira vez que isso funcionou foi aos 7min, quando Canobbio roubou a bola, mas arrematou pela linha de fundo.

Na segunda chegada, aos 9min, não deu para segurar. Erick achou um espaço pela direita e tocou para Canobbio. Com o corredor livre, o atacante só fez cruzar na área. Ninguém marcou e David Terans desviou para o fundo das redes: 1 a 0 para o Furacão.

Furacão até saiu na frente, mas o gol foi anulado por impedimento - Foto: Ailton Cruz

Contudo, após uma longa análise do árbitro de vídeo, foi constatado impedimento de Canobbio, e o lance foi anulado. Empolgado, o CRB assustou com 12min. Matheus Ribeiro recebeu o passe no meio e arriscou no gol, para a boa defesa de Bento. Com 19min, João Paulo tentou uma batida antológica e o arqueiro voltou a defender.

O CRB seguiu melhor em campo, mas faltava a boa conclusão. Com 25min, quem teve a chance foi Anselmo, na ponta direita. Contudo, o chute foi fraquinho. Pouco depois, Matheus colocou a bola na cabeça de Mike, que acertou a redonda, mas tocou por cima do travessão. Quem acertou o gol foi Erick, aos 33min, em cobrança de falta. Porém, Diogo Silva encaixou sem dificuldades.

Sem a rede balançar, o ritmo caiu nos minutos finais. Com 39, o Furacão chegou com muito perigo na tentativa de Vitor Roque. O problema foi a finalização torta. No fim, nenhum dos lados balançou as redes. Final do primeiro tempo: CRB 0x0 Athletico.

Jogo foi muito disputado no primeiro tempo, mas acabou 0 a 0 - Foto: Ailton Cruz

SEGUNDO TEMPO

As equipes voltaram dos vestiários mais animadas. Aos 3 minutos, Romão colocou uma bola venenosa na área e quem desviou foi Anderson Conceição, para uma defesaça de Bento. O Galo seguiu em cima, com 6min, quase Mike criou uma boa chance de abrir o placar. Aos 9min, em nova oportunidade, o atacante finalizou por cima do gol.

O Galo era ligeiramente melhor e finalmente tanta persistência deu resultado. Em uma saída errada da defesa atleticana, aos 11min, Romão recuperou a posse. A sobra ficou com Copete, que fez toda a jogada individual, cruzou rasteiro e Anderson Leite apareceu para empurrar para o gol vazio: 1 a 0 para o Galo.

Anderson Leite fez a festa com os companheiros - Foto: Ailton Cruz

A vantagem já era muito boa e merecida, pelo desempenho apresentado. Até por isso, o Athletico passou a tentar atacar mais. Com 19, teve uma chance perigosa, quando a defesa regatiana cortou errado e Terans chutou com perigo, tirando tinta da trave. Aos 24min, o zagueiro Zé Ivaldo invadiu a área e arriscou, mas Diogo Silva fez a defesa tranquila.

Preocupado, Paulo Turra acionou o artilheiro Pablo, para tentar ter vantagem no ataque. Mesmo assim, o Furacão encontrou muitas dificuldades para vencer a defesa regatiana. Com 37, Erick arriscou de longe e Diogo Silva fez a defesa firme. Aos 38min, uma chance claríssima. Diogo Silva deu rebote no chute de Zé Ivaldo, e Vitor Roque chutou para fora, mesmo com o gol vazio.

Galo reencontra o Athletico-PR na semana que vem - Foto: Ailton Cruz

O que se via era um Athletico sem criatividade, enquanto o Galo dava uma aula de disciplina tática. Aos 41min, Pablo arriscou de fora, mas novamente Diogo segurou firme. A arbitragem indicou oito minutos de acréscimos, o que parecia uma eternidade para os alvirrubros.

Com 50 minutos, veio a chance que os atleticanos estavam esperando. Após bola cruzada na área, Romão trombou com Vitor Roque e a arbitragem marcou a penalidade máxima. Contudo, o VAR chamou Wilton Pereira Sampaio para analisar e a marcação foi anulada, para alívio dos regatianos. O Athletico ainda teve um tempo para buscar o empate, mas o apito final soou aos 55 minutos, decretando a vitória regatiana.

CRB ainda criou oportunidades para buscar o segundo gol - Foto: Ailton Cruz

FICHA TÉCNICA

CRB - Diogo Silva; Matheus Ribeiro, Anderson Conceição (Gilvan), Fábio Alemão (Matheus Mega) e Guilherme Romão; Auremir (Falcão), Juninho Valoura (Anderson Leite) e Rafael Longuine; Mike, Copete (David Braw) e Anselmo Ramon. Técnico: Umberto Louzer.

Athletico-PR - Bento; Khellven (Madson), Zé Ivaldo, Thiago Heleno e Pedrinho; Fernandinho (Christian), Erick (Hugo Moura) e David Terans; Cuello (Pablo), Canobbio (Willian Bigode) e Vitor Roque. Técnico: Paulo Turra.

Gols - Anderson Leite (CRB - 11'/2T)

Cartões amarelos - Fernandinho (Athletico-PR), Auremir (CRB), Zé Ivaldo (Athletico-PR), Erick (Athletico-PR), Matheus Ribeiro (CRB), Christian (Athletico-PR), Falcão (CRB), Umberto Louzer (CRB)

Árbitro - Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)

Assistentes - Bruno Raphael Pires (Fifa/GO) e Tiago Gomes da Silva (CBF/GO)

Quarto árbitro - José Jaini Oliveira Bispo (FAF)

VAR - Carlos Eduardo Nunes Braga (CBF/RJ)

Assistentes do VAR - Clovis Amaral da Silva (CBF/PE) e Jean Pierre Gonçalves Lima (CBF/RS)

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p