CRB já volta aos treinos mirando ao menos um empate para garantir permanência

Manutenção matemática na Série B se dará com 46 pontos. Punido com três cartões amarelos, zagueiro Adalberto não enfrenta o Paraná

Depois da importante vitória dessa terça-feira, no Rei Pelé, onde o resultado construído sobre o Goiás pode ter salvado o CRB do rebaixamento para a Série C em 2018, o elenco regatiano já voltou aos treinamentos na tarde desta quarta, em pleno feriado da Proclamação da República.
É que o Galo não tem tempo a perder, já começando a se preparar para seu segundo jogo em casa nesta reta final de Série B, pois, na tarde deste sábado, vai receber a visita do Paraná, que luta pelo acesso.
Para esta partida, o treinador Mazola Júnior não vai poder contar com Adalberto porque, contra o Goiás, o zagueiro recebeu o 3º cartão amarelo. Adalberto, inclusive, ajudou o CRB a derrotar o Verdão por 2x1, assinalando o segundo gol regatiano. Agora, Gabriel e Audálio passam a brigar pela sua vaga.
E os próximos dias também vão ser importantes para o armador Tinga, que acabou vetado para o jogo dessa terça devido a uma torção no tornozelo esquerdo.
O duelo CRB x Paraná terá início às 16h30 (de Alagoas), no mesmo Trapichão. Com a vitória dessa terça, o Galo passou a ocupar a 13ª colocação, com 45 pontos. Já o Paraná é 4º colocado, com 60 pontos. Faltando duas rodadas, agora, o CRB só precisa de um empate para matematicamente escapar da degola.
Contudo, a manutenção na Segundona pode ser confirmada um dia antes, já que, na sexta-feira, o Luverdense-MT (time que abre a zona de rebaixamento) vai encarar o Guarani-SP, no Brinco de Ouro. Como três equipes (ABC, Náutico e Santa Cruz) já estão rebaixadas, o representante matogrossense será o quarto e último rebaixado se não vencer o Bugre em Campinas.
E após a vitória diante do time esmeraldino, o lateral-direito Marcos Martins ressaltou a determinação do grupo alvirrubro.
- Todo mundo comprou a briga e todos se doaram. Até quem estava no banco tratou de incentivar.
Já o atacante Zé Carlos fez uma reflexão:
- A gente errou muitas vezes, e cada um aqui sabe no que errou. Eu errei e assumo; nunca vou me esconder. Agora, marquei dois gols nos dois últimos jogos em casa e pude ajudar os meus companheiros. Mas, independentemente de quem jogue, o importante é que conseguimos vencer mais uma.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p