CEO e Zumbi empatam por 0x0 na ida e decisão fica para o Rei Pelé

Estrelado do Sertão cria melhores oportunidades, mas Pantera se segura com um jogador a menos

No jogo mais disputado das semifinais, CEO e Zumbi voltaram a empatar, desta vez por 0 a 0, no Estádio Édson Matias, em Olho d'Água das Flores. Em duelo válido pela partida de ida das semifinais, melhor para o time palmarino, que tem a vantagem do empate no próximo final de semana.

A Estrela do Sertão teve controle de boa parte do jogo e ainda teve um jogador a mais no segundo tempo, quando Bruno Bacco foi expulso no Zumbi. Mas nada que mudasse o placar.

O Pantera tem a vantagem de empatar na volta por ter tido a segunda melhor campanha da fase de grupos. Como prevê o regulamento, os times de melhor campanha possuem a vantagem de resultados iguais. O CEO só vai para a final se vencer o duelo de volta.

Os rivais vão para o terceiro jogo na temporada no próximo domingo, dia 6 de agosto. Zumbi e CEO se enfrentam pela partida de volta no Estádio Rei Pelé, em Maceió. A bola rola às 15 horas.

Resumão

Para a surpresa de alguns, o CEO não foi nada tímido para atacar o Zumbi. Precisando da vitória, a equipe tricolor usou bem o fator casa e trouxe certos perigos, sobretudo no segundo tempo. Tanto que o goleiro Diogo precisou fazer pelo menos duas defesas difíceis para segurar o 0x0.

E já na reta final, aos 33min, o Pantera perdeu o volante Bruno Bacco após uma falta no meio campo. O jogador foi expuslo. O CEO chegou com perigo aos 35min, em cobrança de falta, mas Diogo espalmou.

Parecia que o gol não queria sair. Aos 49 minutos, no último lance, a bola foi alçada no lado direito, o atacante do CEO tocou para o gol e a bola ia entrando. Porém, o defensor chegou no momento certo, tirando em cima da linha. Jogadores do CEO e a torcida reclamaram bastante, mas nada de mudar a decisão da arbitragem, que apitou o fim da partida.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p