Dólar

2,03% R$ 5,15

Euro

1,04% R$ 5,56

BitCoin

-0,02% R$ 120709,52

Ibovespa

-1,47% R$ 108523,47

Discurso de Haddad não convence: Bolsa cai 2,8% e dólar vai a R$ 5,41

Bolsa iniciou o dia com queda de 1%, mas cenário piorou após discurso de Fernando Haddad, cotado à Fazenda, em evento da Febraban

Embora tenha tentado fazer acenos ao mercado, o discurso de Fernando Haddad, cotado ao ministério da Fazenda, em evento do setor financeiro não foi suficiente para apaziguar os ânimos dos investidores da Bolsa.

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores, registra queda de quase 3% na tarde desta sexta-feira (25/11), e o dólar sobe 1,8%, aos R$ 5,41, a maior cotação em mais de uma semana.

Haddad participou de um almoço organizado pela Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) na condição de representante de Lula, que não pôde comparecer por estar se recuperando de uma cirurgia na garganta. Embora tenha tentado afastar os rumores de que já teria sido o escolhido para comandar a Fazenda, Haddad falou em tom de ministro.

O ex-ministro da Educação e candidato derrotado ao governo de São Paulo elencou as prioridades econômicas do próximo governo: melhorar a“Nossa agenda é a de arrumar o orçamento público, ordenar programas que foram desmontados no último governo e investir mais no futuro”, disse Haddad em entrevista ao canal Globonews, concedida após o evento.

Embora o possível ministro tenha falado na importância de melhorar a qualidade do gasto público e de aprovar uma reforma tributária já no primeiro ano do governo, a indefinição sobre a PEC de Transição continua a aumentar o pessimismo dos investidores. qualidade do gasto do Estado e fazer a reforma tributária.