Dólar

2,03% R$ 5,15

Euro

1,04% R$ 5,56

BitCoin

-0,02% R$ 120709,52

Ibovespa

-1,47% R$ 108523,47

Crédito para empreendedores: Por que o momento inspira cautela

Pesquisa aponta que 43% dos empreendedores entrevistados contrataram empréstimos em 2021

Os empreendedores do mundo inteiro, especialmente de pequenos negócios, estão atravessando momentos de dificuldades nos últimos anos.

E isso ocorre principalmente por conta da propagação do Coronavírus, o qual acarretou também em crises sanitárias e econômicas até nas maiores economias mundiais.

Em específico no Brasil, temos mais um agravante: 2022 foi ano eleitoral, o que tradicionalmente já proporciona uma certa turbulência na economia e nas decisões dos empreendedores.

Mas, como todos já sabemos, empreendedor é uma raça resiliente e como sempre, supera todos os obstáculos que passam por seus caminhos e ainda quebram recordes!

Como os empreendedores têm se comportado em relação ao crédito?

Segundo a 14ª pesquisa “Impacto da pandemia de Coronavírus nos Pequenos Negócios”, a qual foi realizada pelo Sebrae e pela Fundação Getúlio Vargas, o número de empréstimos de 2022 em comparação com 2021, se manteve basicamente estável, o que pode indicar que os empreendedores, especialmente os de menor porte, estão cautelosos ao contratar novos empréstimos.

De acordo com a mesma pesquisa, 43% dos empreendedores entrevistados contrataram empréstimos em 2021 e 59% relataram que quase 1/3 dos custos mensais estão comprometidos com empréstimos.

Diante disso, é possível concluir que a estagnação nas contratações de crédito ocorre pois grande parte das empresas possuem um alto nível de endividamento e também em decorrência da alta da Selic, o que torna a contratação de empréstimo mais cara.

Contratar um empréstimo pode ser uma boa saída?

Análise e replanejamento de despesas, adequar as metas, pesquisar o mercado em busca de novas formas de faturamento, automatizar processos, liquidar o estoque, caso ainda tenha, negociar contratos e compromissos vigentes, substituir dívidas caras

Mesmo em momentos de incerteza como o que estamos passando, contratar empréstimos pode sim ser uma boa saída. Entretanto, essa estratégia precisa ser executada com muito planejamento.

Ao contratar crédito, você consegue realizar inúmeras melhorias na sua empresa, como por exemplo investir em capital de giro e aumentar as possibilidades de faturamento, trocar dívidas com juros altos por condições melhores e mais baratas, e até mesmo reformar a sua loja ou escritório para passar mais credibilidade ao seu consumidor.

Mas para conseguir essas vantagens, é preciso contratar a modalidade de empréstimo para empresa, o qual é especializado nos empreendedores.

E uma vez que é um produto específico para as necessidades dessa categoria, pode proporcionar soluções assertivas para as suas respectivas dificuldades, sejam essas uma dívida alta ou uma vontade de ampliação.

Conclusão

Se recuperar de uma crise que se alastrou por basicamente todos os países do mundo não é uma tarefa tão simples, mas é muito possível, basta apenas utilizar as ferramentas e estratégias corretas.

Para ajudar os empreendedores em momentos de recuperação, o empréstimo para mei, por exemplo, pode ser uma ótima alternativa.

E como dizemos acima, as fintechs são exemplo nessa modalidade.

Uma das fintechs brasileiras que está em ascensão é a CashMe, a qual oferece inúmeras modalidades de empréstimo.