Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > diversão & variedades > TV E CELEBRIDADES

Vídeo: Matteus fala sobre fraude de cotas e acusa pessoas de “maldade”

Durante um evento em Alegrete (RS), Matteus confessou que está passando por um momento difícil após as denúncias


				
					Vídeo: Matteus fala sobre fraude de cotas e acusa pessoas de “maldade”
No vídeo, publicado pelo Portal Alegrete, Matteus agradece o carinho de seus conterrâneos. Reprodução

O ex-BBB Matteus Amaral voltou a falar sobre as acusações de fraude de cotas raciais durante sua participação em um evento em Alegrete, cidade em que nasceu e cresceu no Rio Grande do Sul. O Ministério Público Federal recebeu, na última semana, uma denúncia contra o gaúcho, que se declarou “preto” para ingressar no Instituto Federal Farroupilha, em 2014.

No vídeo, publicado pelo Portal Alegrete, Matteus agradece o carinho de seus conterrâneos e afirma que está passando por um período difícil, além de atrelar os últimos acontecimentos a supostas invenções de pessoas maldosas.

Leia também

“Eu confesso que agora não é fácil lidar com tudo que eu estou vivendo, agora com os últimos acontecimentos que foram coisas que as pessoas [fizeram] com maldade”, disse Matteus durante o evento.

Entenda o caso

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IFFar) confirmou que o ex-BBB Matteus Amaral ingressou no curso de engenharia agrônoma por cotas. O ativista Antonio Isuperio, que trabalha em uma instituição internacional de Direitos Humanos, denunciou o Alegrete ao Ministério Público.

No documento, revelado pelo colunista Gabriel Perline, do IG, Isuperio alega que o namorado de Isabelle cometeu o crime de falsidade ideológica e pede a prisão do rapaz. Ele ainda solicita que a instituição de ensino seja investigada.

“Que o indivíduo responda pelo crime de falsidade ideológica para adentrar a Universidade. A Faculdade e o Indivíduo devem ser responsabilizados. A Faculdade deve ser responsabilizada pela negligência e o indivíduo pelo crime de falsidade Ideológica”, declarou.

Caso o Ministério Público aceite a denúncia, será instaurada uma investigação contra Matteus que pode resultar em uma denúncia à Justiça. Até o momento, ele não se manifestou sobre o assunto.

Leia a matéria completa em Metrópoles.com

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X