Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > diversão & variedades > TV E CELEBRIDADES

Susana Vieira fala sobre diagnóstico de leucemia crônica

Durante entrevista ao Fantástico, atriz comentou que doença, que está em remissão, a deixou 'mais em paz'.


				
					Susana Vieira fala sobre diagnóstico de leucemia crônica
Aos 81 anos, Susana também explicou que as duas doenças estão em remissão.. Reprodução/Globoplay

Susana Vieira falou, ao "Fantástico", sobre seu estado atual de saúde. Em entrevista ao programa deste domingo (19), a atriz explicou que tem Leucemia Linfocítica Crônica e Anemia Hemolítica Autoimune (veja a íntegra no vídeo acima).

"Tenho Leucemia Linfocítica Crônica, que é uma doença que não tem cura e não adianta fazer transplante de medula", explicou.

Leia também

"E eu tenho uma outra doença de sangue, que se chama Anemia Hemolítica Autoimune. É óbvio que com à medida que você vai ficando com mais idade, você fica preocupada. Então essa doença, parece que foi Deus, me deixou em paz. Ou eu estou mais em paz talvez", afirmou.

Aos 81 anos, Susana também explicou que as duas doenças estão em remissão. E falou sobre, também, sobre seus cuidados com a saúde e boa forma.

"A disciplina de fazer os exercícios, que eles mandam. E eu como tudo, arroz, feijão, muita farinha. Como de tudo, pão, manteiga, tudo."

"Esse negócio de fazer coisas na cara, de se encher de coisa, não me chama a atenção, porque eu não precisei. Como não precisei, não faço. Eu não sou contra quem faz. A minha testa, na hora que eu achei que me incomodou, eu botei um botox. Mas já sofri tanta injeção na vida por causa da doença que eu tive...", explicou a atriz.

Biografia "Senhora do meu destino"

Susana também falou sobre a biografia "Senhora do meu destino", que acaba de ser lançada e que a atriz assina com o escritor Mauro Alencar.

O título da obra é uma homenagem ao nome da novela na qual ela interpretou a personagem Maria do Carmo, em 2004.

"Eu considero [meu maior papel]. Papel título sempre é bom. Eu transformo qualquer coisa em ouro. Mas em termos de popularidade, em termos de personagem cheio, brasileiro, dificílimo fazer uma mulher brasileira sendo eu paulista, mas criada no Rio de Janeiro", afirmou a atriz.

Susana ainda relembrou que, inicialmente, era para ela ter feito o papel de Nazaré, que ficou a cargo de Renata Sorrah. "Eu nunca faria igual".

Desejos aos 81 anos

Ao final da entrevista, a apresentadora Poliana Abritta questionou quais os desejos da atriz hoje.

"Muita coisa. Mas continua ligada no amor, no sexo. O que quero dizer, é que quando você continua desejando alguma coisa, você continua viva, bonita. Deseje. Que seja um pão com manteiga, que seja um emprego melhor. Deseje um homem, uma mulher. Deseje. Meu verbo não é sonhar, é desejar. Deseje o que for."

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas