Regina Casé grava hoje cenas finais de Lurdes e Domênico em 'Amor de Mãe'

Novela de Manuela Dias e direção de José Luiz Villamarim tem previsão de reestreia para março de 2021

As gravações de Amor de Mãe chegam ao fim nesta segunda, 16/11. A trama de Manuela Dias, que precisou ser interrompida por conta da pandemia do coronavírus, finaliza seus trabalhos, mas os fãs já podem vibrar com a boa notícia. A novela tem previsão de reestreia para março de 2021.
Novos capítulos foram escritos e o público não perde por esperar o reencontro de Lurdes (Regina Casé) com Domênico (Chay Suede), além das tramas vividas por Thelma (Adriana Esteves), Vitória (Taís Araujo) e outros personagens.
O clima nos bastidores é de despedida, mas também de muita emoção. Regina Casé se diz principalmente honrada por viver uma personagem tão rica e real quanto Lurdes.
"'Amor de Mãe' foi uma das experiências mais lindas da minha vida. É realmente um presente ter a oportunidade de homenagear todas essas mães, avós do Brasil que são as chefes da família e que seguram a onda sozinhas. Foi uma honra! Imaginava que seria bom, mas nunca tão bom. Realmente me senti em família", disse a atriz.
A última cena de Regina na casa de Lurdes, por exemplo, deixou a protagonista bastante saudosa.
"Acordei com muita vontade de chorar, com o coração pequenininho. Acho que vai deixar muitas saudades. Em mim, com certeza! A novela foi guerreira como a Lurdes é. Se era realista, ficou ainda mais naturalista com todas as dores e as alegrias que esses novos tempos nos trouxeram."
Adriana Esteves, que se prepara para mostrar ao público a continuação das loucuras de Thelma, também destacou o espírito da equipe durante os últimos meses.
"Terminar as gravações tem um significado de muita vitória. Tivemos que enfrentar o medo, o novo. Muito difícil lidar todos os dias com a possibilidade de mudar o cronograma ou mesmo retornar à paralisação, mas todo o elenco e equipe, nós trabalhamos com bravura para finalizar esta obra."
"Sem dúvidas 'Amor de M?e' ficará marcado em minha vida. Foi muito bonito ver nossa união e paixão por nosso ofício. Quando entrávamos para gravar, não existia vírus, pandemia, dor. Substituíamos por esperança, luta, fé e amor!"

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p