Rapper esquece arma em carro de aplicativo e vai preso, diz site

Lil Zay Osama, músico norte-americano, teria deixado uma metralhadora adaptada e carregada dentro do veículo

O rapper norte-americano Lil Zay Osama foi preso na última quinta-feira (29/9) por ter esquecido uma arma dentro de um carro de aplicativo. Ele nega as acusações. As informações são do jornal New York Post.

O músico, de nome real Isaiah Dukes, foi detido sem direito à fiança depois que deixou uma metralhadora adaptada e carregada no veículo. Em sua rede social, ele chamou as notícias de “boatos” e disse para os fãs não acreditarem nas acusações.

Segundo o jornal de Nova York, o artista de 25 anos teria chamado o carro pelo aplicativo para ir com os amigos a um estúdio de gravação. O motorista “percebeu que ele estava segurando uma arma de fogo”.

A arma era uma pistola Glock modificada com um adaptador que permite rápidos disparos, transformando-a em uma metralhadora, segundo as autoridades.

Ao chegar, o rapper esqueceu a pistola no veículo, e o motorista acionou a polícia na sequência. O dono do carro também colaborou com as autoridades na hora de identificar o músico.

“Os crimes acusados neste caso são extremamente graves e confirmam que [Isaiah Dukes] é um perigo para a comunidade”, escreveu a procuradora assistente do Brooklyn, Rebecca Schuman, nos documentos do tribunal.

Ele é acusado de posse de metralhadora e por portar arma de fogo já sendo um condenado pelo crime. O rapper pode pegar até 20 anos de prisão se condenado por ambas as acusações. O juiz do tribunal federal do Brooklyn, Ramon Reyes Jr., ordenou na sexta-feira (30/9) que Isaiah Dukes fosse detido sem fiança.