Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Rapper diz ter sido enganado por MC Daniel; funkeiro se explica

Vulgo Marin, que foi segunda voz do funkeiro, rasgou o verbo e expôs alguns conflitos durante a parceria


				
					Rapper diz ter sido enganado por MC Daniel; funkeiro se explica
O rapper ainda contou que o motivo de tornar público o imbróglio entre eles. Instagram/Reprodução

Vulgo Marin, que foi segunda voz de MC Daniel, rasgou o verbo e expôs uma promessa feita pelo funkeiro. O ex-backing vocal ainda acusou o cantor de enganar os fãs e seguidores com boas ações e ainda revelou que fez algumas parcerias com ele, sem receber nenhum retorno financeiro.

“Alguns de vocês me conhecem por já ter feito backing vocal pro Fafá, o grande MC Daniel, o grande mentiroso, que fica fazendo fita pra enganar vocês. Eu fiz duas composições pra esse arrombado e não recebi R$ 1 de nada”, disse.

Leia também

Marina prosseguiu falando sobre as canções que colaborou com Daniel: “Invencível com Hariel tem parte minha na composição e na obra e em Grana, dinheiro e fama, se vocês não sabem. E eu não recebi R$ 1 de nada. Ele prometeu gerenciamento de carreira, prometeu ser meu empresário, combinou porcentagem e não me deu porra nenhuma. Ganhei um grande dedo do meio na minha cara”.

O rapper ainda contou que o motivo de tornar público o imbróglio entre eles. “Por que eu nunca falei isso antes? Porque o mano tem uma mídia muito superior a minha. Pra ele reverter e fuder meu corre, mais do que já tava fudendo, ele ia fazer. Só que agora não vai ser assim, truta. Alguém tem que falar a verdade. A verdade do mano mais mentiroso da cena”, declarou.

De acordo com Vulgo Marin, MC Daniel não é tão amigo de outros famosos como aparenta: “Fala mal do Ryan [SP], do [MC] Paiva, do IG e agora fica chupetando os caras. Falava que eles queriam ser maiores do que ele, que ia ficar maior do que eles. Falou que ia roubar a fama e os fãs dos caras”

O rapaz continuou o relato afirmando que ficou queimado por conta do conflito com o MC. “Portas sendo fechadas pra mim, oportunidades, conexões com vários artistas. Pro mano falar um negócio desses e os artistas [pensarem] pensarem que eu tivesse feito alguma coisa com o mano. Fui ameaçado por fã, tirado de ladrão. Fui tirado de pilantra por um mano que é pilantra. Dinheiro a gente faz um corre, trampa e consegue. E meu tempo?”, refletiu.

Vulgo Marin finalizou lembrando que já está na estrada já bastante tempo, mas que foi enganado por MC Daniel. “Tô desde 16 anos no corre, nessa parada de música, de trap. Não vou deixar as oportunidades da minha vida porque o mano fica aí, mentindo na internet, pagando de bom samaritano. Eu fiz 400 bailes com ele e recebia R$ 50. Depois tive um reajuste de R$ 100. Com cachê [do MC Daniel] a R$ 80 mil. Essa história de [que] uma mão lava a outra é mentira, na minha vez a água acabou”, concluiu.

Procurado pela coluna Fábia Oliveira, MC Daniel se defendeu e garantiu, em primeira mão, que Marin está deturpando a situação entre eles:

“Ele cresceu o olho, queria ganhar o que eu ganhava. Queria estrutura melhor pra fazer shows, mas a gente não tinha condições. Ele citou o cachê a R$ 30 mil, mas na época era entre R$ 10 e R$ 30 mil. A gente ira pra estúdio junto, ele me ajudava e eu ajudava ele. Isso, há 2 anos”, esclareceu.

O artista ressaltou: “Agora ele disse que quer dinheiro por ter me ajudado, mas na época não disse nada. Mesmo assim, falei que íamos resolver, mas a intenção dele é ficar famoso. Ele assinou com um empresário que fazia a cabeça dele. Ele era um menino do bem, cabeça boa, coração bom. Mas, quanto mais eu crescia, mais ele se incomodava”.

MC Daniel encerrou o bate-papo exclusivo com esta jornalista que vos escreve, alegando que toda treta aconteceu faz tempo. “Agora ele viu que não deu certo e quer porcentagem de duas músicas que ele me ajudou a fazer como amigos, que nem estouraram. Tudo bem pagar, ele me ajudou. Estou conversando com ele e com empresário dele, vamos resolver”, concluiu.

Leia a matéria completa em Metrópoles.com

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X