Marina Ruy Barbosa aprende a fumar para viver nova personagem

Na série Rio Connection, sua personagem fuma com frequência e atriz teve que aprender usando um cigarro de camomila, sem nicotina

Esqueça a imagem de mocinha princesa que Marina Ruy Barbosa tem. Em Rio Connection, a atriz vai aparecer completamente diferente das personagens que costuma fazer.

Na série, co-produção da Globoplay com a Sony Pictures, Marina surge linda e diva como sempre, mas com um acessório controverso: o cigarro. Ana, personagem de Marina, vai aparecer fumando com frequência.

A ruiva, que nunca havia colocado um cigarro na boca, teve que aprender a fumar. “Eu nunca tinha fumado, mas a Ana fuma bastante (a série se passa nos anos 1970, quase todo mundo fumava!). Então, tive que ‘aprender’ usando um cigarro de camomila, sem nicotina”, explica Marina, que precisou aprender a jogar sinuca também.

A história baseada em fatos reais e ocorrida nos anos 1970 gira em torno de uma quadrilha europeia que escolhe o Brasil como porto de exportação de heroína para os EUA.

Ana é uma cantora de boate que acaba se envolvendo com o tráfico de drogas. Protagonista, a ruiva foi aprovada em teste feito em Los Angeles, nos EUA, após passar por uma sequência intensa de aulas de inglês. É que a série é toda falada em inglês.