Jojo cutuca Seleção por carne com ouro: “Se a pensão estiver em ordem”

No Central da Copa, Jojo Todynho comentou jantar de jogadores do Brasil no Catar ao custo de R$ 3 mil

O criticado jantar da seleção brasileira no Catar, com carne folheada a ouro, também foi alvo da língua afiada Jojo Todynho no programa Central da Copa, da Globo, exibido no último domingo (4).

Debochada, a cantora argumentou que os jogadores de Tite podem comer o que quiserem, mas com uma condição. “Se a pensão estiver em ordem, pode até morar com o ouro”, ironizou Jojo Todynho ao ver imagens do zagueiro Éder Militão temperando o churrasco com sal.

Um único pedaço do Golden Ottoman Steak, como foi batizada a especiaria, custa em média 2.100 catarianos ou R$ 3.051 mil. Já o Golden Steak, outro prato regado a ouro 24 quilates, não sai por menos de 1.050 catarianos, uma média de R$ 1,5 mil.

Éder Militão, criticado por não pagar a pensão à filha de seu relacionamento com Karoline Lima, acordou com a Justiça o pagamento de seis salários mínimos para Cecília, equivalendo a R$ 7.272.

No acordo final, o jogador deve ser responsável por R$ 10 mil para a moradia da filha. Ou seja, Karoline Lima deve arcar com o resto do valor de moradia, caso exceda a parte de Militão.

Além do auxílio moradia, o jogador vai pagar R$ 30 mil para a garantia do imóvel. Éder também ofereceu um carro para Karoline transportar a menina e, enquanto a influencer não tira sua habilitação, ele pagará um motorista particular.