Halsey critica fãs por deixarem seu show após discurso sobre aborto

A cantora ainda rebateu pessoas que disseram ter pagado para a ouvir cantar, e não sua opinião

Fãs da cantora Halsey, 27, deixaram um show em Arizona após a artista fazer um discurso sobre os direitos ao aborto. O posicionamento aconteceu após a Suprema Corte dos Estados Unidos derrubar a Roe vs. Wade, lei federal que garantia o aborto nos EUA.
Halsey incentivou seu público a se posicionar contra a decisão e disse que seu "coração se parte" ao olhar para pessoas que "merecem o direito à saúde e o direito de escolha". "Algumas das pessoas para quem estou olhando agora vão precisar de um aborto um dia, e você merece isso", continuou a artista.


"Seja uma situação de risco de vida ou não, você merece. E aqui no Arizona, vocês têm que me prometer que farão esse trabalho para que a pessoa à sua esquerda e à sua direita tenha esse direito pelo resto de suas vidas", completou a artista. Após o discurso, um membro da plateia tuitou: "A quantidade de pessoas que acabaram de sair do concerto Halsey depois do pesadelo, quando ela falou sobre o aborto, foi doente. Lute pelo que é certo". A artista respondeu ao tuíte falando que a "desvantagem de fazer locais ao ar livre: nenhuma porta para atingi-los na saída".


A cantora ainda rebateu pessoas que disseram ter pagado para a ouvir cantar, e não sua opinião. "Não, você pagou para me ver usar um palco como forma de expressão da maneira que eu escolher. Desculpe, você não tem o pensamento crítico para perceber que o poder retórico da música nem sempre serve ao seu escapismo."