Fátima Bernardes fala de primeiro Dia das Mães com um dos filhos longe: 'Coração apertado, mas feliz de vê-lo bem'

Apresentadora conta também qual o melhor de ser mãe de adultos e vibra por poder comemorar a data especial com a mãe já vacinada

Fátima Bernardes é mãezona em dose tripla e sempre que pode elogia os trigêmeos Vinícius, Beatriz e Laura, de 23 anos. É muito bonito ver a parceria que acontece entre mãe e filhos, e ela só agradece por isso. Ao Gshow, Fátima contou que o Dia das Mães em casa será especial e com a mãe, Eunice, vacinada, mas o namorado, Túlio, estará em Recife com sua mãe.

Para poder curtir bastante com a mãe e suas duas meninas, pois Vinícius está morando na França, ela decidiu encomendar um almoço:

"Meus pais estão vacinados, moram bem pertinho de mim e virão para cá. Seremos nos três e mais a Laura e a Beatriz, porque Vinícius está na França e não tem como vir nesse momento. Vai ser um domingo tranquilo e gostoso. Eu não sou de fazer muita surpresa. Dessa vez, eu e minha mãe resolvemos encomendar um almoço no lugar de ir para a cozinha, que aí a gente pode conversar bastante sem ficar preocupada. Na hora, e só servir e a gente se ajeita."

A apresentadora relembrou um momento emocionante do Encontro de sexta-feira, 7/5:

"Os meus filhos preparam uma surpresa muito bacana. Reuniram áudios meus que mando para eles e a equipe montou um VT com as minhas mensagens de celular. Me diverti muito, foi uma surpresa bem legal."

Vídeo para matar as saudades

Este é o primeiro dia das mães sem seu filho, Vinícius. O rapaz está morando na França para estudar e infelizmente não conseguirá vir com a pandemia. Mas Fátima garante que vai fazer uma chamada de vídeo e que o mais importante é o filho estar feliz:

"É o primeiro com Vinícius morando fora. É claro que o coração fica apertado, mas, por outro lado, fico feliz de vê-lo tão bem, fazendo o que queria, com saúde, neste momento que tem tanta gente sofrendo. Sinceramente, eu não vou ficar triste em nenhum momento por conta disso. Sei que ele está bem, com saúde e muito feliz."

A apresentadora brincou que vai deixar o filho, que mora sozinho, com água na boca com o cardápio:

"Com certeza, na hora do almoço farei uma ligação para matá-lo de inveja, porque a gente vai estar comendo aqui e ele está morando sozinho, tem que se virar com comida e tudo, certamente, morre de saudades da comida do Brasil."

A apresentadora do Encontro revelou o que é melhor de ser mãe e o mais legal agora, que eles têm 23 anos:

"O melhor é o amor que a gente descobre que é capaz de sentir. É muito bom ver como a gente é capaz de amar em uma intensidade máxima, imensa, pura e verdadeira. O que tem mais legal hoje em dia é a troca, vê-los conduzindo as próprias vidas de uma maneira tão bacana, que tanto me orgulha. Falar o que estou sentindo e pensando, mas principalmente o que eles têm para me contar, adoro esse momento."