Com programa e novo disco, Karol Conká inicia fase “descancelada”

Após sua passagem intensa pelo BBB21, Conká começa a retornar aos holofotes e lança novos trabalhos na indústria do entretenimento

Quando se fala na tal cultura do cancelamento, que ganhou força na internet nos últimos tempos, o primeiro nome que se vem a cabeça é o de Karol Conká. Isso porque a cantora, eliminada do BBB21 com 99,17% dos votos, batendo o recorde de maior rejeição do programa, passou por momentos de muita polêmica no reality show da Rede Globo.

A “mamacita” marcou o programa com uma enorme lista de tretas. Teve briga com Carla Diaz, Camilla de Lucas, Juliette Freire e o que consagrou sua eliminação, a desavença com Lucas Penteado. Após deixar o programa, Karol protagonizou um documentário feito pela Globoplay, intitulado A Vida Depois do Tombo – a ideia central era mostrar um outro lado da cantora, um diferente do que foi visto (e odiado) no Big Brother Brasil.

Mas, como diria Charlie Brown Jr. na música Senhor do Tempo: “O tempo é rei, a vida é uma lição”. Meses após o tombo da cantora, Karol deu início a sua fase “descancelada”. Ela se une a Marcela McGowan, que esteve no BBB20, para comandar a segunda temporada de Prazer, Feminino no canal do YouTube do GNT. Para quem não lembra, o programa iria ao ar na TV no ano passado, mas por conta das ondas de cancelamento em torno do nome da cantora após sua passagem pelo reality, o canal desistiu.

A estreia do programa aconteceu em outubro do ano passado e ganhou novos episódios em sequência. O programa levanta debates sobre prazer e liberdade sexual feminina de forma leve e já levou convidadas como Titi Müller, Bruna Linzmeyer e Jout Jout.