Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > CULTURA

Instituto Yandê inicia gravações de documentário sobre a diversidade sociocultural da APA Costa dos Corais

Nova fase do Projeto Samburá vai explorar as formas de expressão e modos de fazer presentes em Japaratinga e Maragogi; a captação das imagens começa nesta terça e o lançamento está previsto para outubro

Quase três meses depois de lançar a primeira parte do documentário do Projeto Samburá, feita nos municípios que correspondem à Rota Ecológica dos Milagres e já disponível gratuitamente através do seu canal no YouTube, o Instituto Yandê dá início nesta terça-feira (10) às gravações da segunda fase da obra que tem como objetivo resgatar, preservar e difundir as manifestações socioculturais presentes na região da Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais (APACC).

Desta vez, o trabalho será feito nos municípios de Japaratinga e Maragogi e promete trazer histórias inspiradoras e relatos marcantes como o de Dona Zezé, que é representante do grupo de Samba de Matuto Leão da Primavera, que resiste ao tempo e é o único do gênero ainda preservado em Alagoas.

Leia também

  • Instituto Yandê inicia gravações de documentário sobre a diversidade sociocultural da APA Costa dos Corais - Foto: Sayori Minato/Instituto Yandê
    Instituto Yandê inicia gravações de documentário sobre a diversidade sociocultural da APA Costa dos Corais - Foto: Sayori Minato/Instituto Yandê |
  • Instituto Yandê inicia gravações de documentário sobre a diversidade sociocultural da APA Costa dos Corais - Foto: Sayori Minato/Instituto Yandê
    Instituto Yandê inicia gravações de documentário sobre a diversidade sociocultural da APA Costa dos Corais - Foto: Sayori Minato/Instituto Yandê |
  • Instituto Yandê inicia gravações de documentário sobre a diversidade sociocultural da APA Costa dos Corais - Foto: Sayori Minato/Instituto Yandê
    Instituto Yandê inicia gravações de documentário sobre a diversidade sociocultural da APA Costa dos Corais - Foto: Sayori Minato/Instituto Yandê |
  • Instituto Yandê inicia gravações de documentário sobre a diversidade sociocultural da APA Costa dos Corais - Foto: Sayori Minato/Instituto Yandê
    Instituto Yandê inicia gravações de documentário sobre a diversidade sociocultural da APA Costa dos Corais - Foto: Sayori Minato/Instituto Yandê |
  • Instituto Yandê inicia gravações de documentário sobre a diversidade sociocultural da APA Costa dos Corais - Foto: Sayori Minato/Instituto Yandê
    Instituto Yandê inicia gravações de documentário sobre a diversidade sociocultural da APA Costa dos Corais - Foto: Sayori Minato/Instituto Yandê |
  • Instituto Yandê inicia gravações de documentário sobre a diversidade sociocultural da APA Costa dos Corais - Foto: Sayori Minato/Instituto Yandê
    Instituto Yandê inicia gravações de documentário sobre a diversidade sociocultural da APA Costa dos Corais - Foto: Sayori Minato/Instituto Yandê |

Ao todo, foram realizadas 54 entrevistas durante o período de levantamento de dados, feito nos meses de maio e junho deste ano, entre modos de fazer, artistas, grupos, parteiras, rezadeiras e líderes religiosos. De acordo com a diretora executiva do Yandê, Mariana Bernardo, destes serão escolhidos alguns para constar na gravação que deve ser feita no formato de curta-metragem.

“Nós tivemos que reformular algumas coisas que já havíamos planejado, em virtude do quadro de combate à pandemia de Covid-19, mas estamos tomando todos os cuidados necessários para proteger a nossa equipe e também os nossos entrevistados. Temos seguido os protocolos de segurança, nossa equipe será sempre testada para ir a campo e, além disso, quase todas as entrevistas serão realizadas em locais abertos”, explicou Mariana, que é formada em Cinema e Audiovisual pela UFPE e também responsável pela direção do filme.

Para a realização do projeto, o Yandê conta com a ajuda de diversas parcerias. Nesta fase, contribuíram a Fundação Toyota do Brasil, Fundação SOS Mata Atlântica, APA Costa dos Corais e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Secretaria de Estado da Cultura (Secult), Secretaria Municipal de Cultura de Maragogi, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Alagoas, Pousada Paraíso dos Coqueirais, Japaratinga Lounge Resort e Costa dos Corais Convention & Visitors Bureau.

“Nós estamos prevendo o lançamento para a primeira quinzena de outubro e estamos confiantes. Trabalhar com Cultura no Brasil não é fácil, mas temos dado o nosso melhor para manter vivas essas riquezas, além de oferecer ao final um material de qualidade para toda a população”, afirmou Mariana.

Essa é a segunda etapa do projeto Samburá, que teve o seu primeiro filme lançado em maio, contando sobre a diversidade sociocultural presente em São Miguel dos Milagres, Porto de Pedras e Passo do Camaragibe. Agora a jornada continua em mais duas cidades e a pretensão é realizar a cobertura de todos os municípios que compõem a APA Costa dos Corais, em Alagoas e Pernambuco.

Tão logo haja a devida segurança sanitária, o Yandê pretende realizar ciclos de exibição dos filmes do projeto de modo itinerante, nas zonas rurais e praças públicas das cidades que compõem a APA Costa dos Corais. Além disso, o instituto busca agora apoio para ampliar as formas de registro do projeto, através da elaboração de um livro e da criação de um festival cultural.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas