Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > CULTURA

Cantor alagoano fala de amor em álbum com temática nordestina

Rodrigo Avelino dedicou as músicas à sua companheira, Joana Vitória


				
					Cantor alagoano fala de amor em álbum com temática nordestina

A música nordestina vai além do dedilhar dos instrumentos e das referências ao sertão, é sobre a alma exposta em versos e a poesia que corre nas veias de cada composição. Como toda produção, a música exige um misto de amor e paixão, sentimentos esses que Rodrigo Avelino, nascido e criado em Maceió, capital de Alagoas, expressa com grande convicção em seu mais novo álbum “Meu Mundo é Teu Abraço”, dedicado a sua companheira, Joana Vitória.

Com 20 anos de carreira musical, Avelino traz em sua trajetória premiações em festivais de Alagoas e do Paraná, também já participou da abertura da turnê Vesúvio, de seu conterrâneo Djavan. Em 2019 gravou seu primeiro disco, “Tempo de Ser Feliz”, em 2022 lançou seu segundo álbum, “Concerto Íntimo”.

Leia também

Durante o processo de gravação desses dois álbuns, Avelino nutria o desejo de levar o universo nordestino para as suas músicas, desejo esse que, segundo o cantor, vigorava desde o ano de 2021. Foi nesse período que, através da música, conheceu sua atual companheira, Joana Vitória, fazendo que uma coisa e a outra tornassem uma só. “Esse desejo nasceu em 2021, esse desejo de trazer esse universo nordestino para o meu trabalho, mas não tínhamos um relacionamento ainda, em 2021. Então, foi em 2022 que começamos o relacionamento e eu comecei a compor canções para ela. E coincidiu muito, as canções começaram a nascer com essa alma nordestina, um shot, um forró. E aí eu pensei, eu posso fazer um disco, reunir essas canções.”

Uma dupla que une o amor e a arte, Joana e Avelino se conectam em todos os aspectos da vida, até mesmo no trabalho, onde possuem um projeto chamado Unoduo. “Nós nos conhecemos através da música, ela canta também, então a música nos uniu e temos um duo também, onde fazemos apresentações, que se chama Unoduo. Tocamos em eventos, casamentos etc. Então, a música foi a ponte para essa história.”


				
					Cantor alagoano fala de amor em álbum com temática nordestina
Reprodução

A partir dessa ideia, desse conjunto de ideias e acontecimentos, a decisão foi tomada. No entanto, um evento trágico fez com que os planos dessem uma pausa e dessem espaço para os sentimentos de superação e resiliência. “E esse álbum seria lançado, na verdade, no ano passado [2023], mas em virtude do falecimento de minha mãe, eu não tive energia nem alegria para isso. Então, foi um ano de espera” , relatou o artista.

Nesse hiato de recuperação emocional, o cantor escreveu um single especialmente para a sua mãe, “Inexplicável Ser’’, lançado no dia 28 de Março deste ano, dia de seu aniversário, quando completaria 69 anos. Com seus sentimentos expressos, Avelino foi encontrando forças para retomar seu projeto de trazer à tona a música nordestina que habita dentro de si.


				
					Cantor alagoano fala de amor em álbum com temática nordestina
Reprodução

E mesmo em meio a tanta turbulência, o cantor conseguiu atingir alguns marcos na sua vida artística. Em 2023 recebeu o Prêmio Profissionais da Música, em Brasília, como Melhor Produtor Musical Single do Nordeste, além de se tornar membro da Academia do Prêmio Multishow, participando do processo de escolha e indicação dos artistas e da cerimônia de premiação no Rio de Janeiro.

Assim, depois dos imprevistos da vida, na última quarta-feira (15), seu mais novo álbum “Meu Mundo é Teu Abraço” foi lançado. Com 9 faixas dedicadas a sua companheira, incluindo uma com seu nome, Joana. Para a composição da obra, Avelino revela suas inspirações. “[Foi] especificamente um disco chamado Com o Pé no Forró, de Toninho Horta, que é mineiro. Toninho é um grande músico, um cara que tem a sua arte já eternizada na música brasileira, um daqueles caras que estavam ali na formação do Clube da Esquina. E o Toninho fez esse disco trazendo a musicalidade do Nordeste, mas com a sonoridade da guitarra dele, que é bem marcante.”


				
					Cantor alagoano fala de amor em álbum com temática nordestina
Reprodução

Para o casal, o lançamento do álbum foi um acontecimento muito esperado, e mesmo Joana já conhecendo as canções, nada impediu que batesse aquela ansiedade da espera. “Estávamos bem ansiosos para esse lançamento. Joana já conhecia as canções, mas, mesmo assim, a gente estava com essa ansiedade. A expectativa era muito grande, porque o trabalho estava há um ano guardado, e a gente ainda estava esperando esse momento. Está sendo muito feliz, a receptividade, as pessoas comentando, postando nas redes sociais. A gente tem uma alegria muito grande quando alguém comenta, posta, e a gente quer que esse trabalho chegue ao máximo de corações e ouvidos.”

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas