Jovem fatura R$ 5 mil com testes de fidelidade: “Mando print de tudo”

A influenciadora Nicoly Souza afirma que a sua principal fonte de renda, vem dos cerca de R$ 45 cobrados por cada teste de fidelidade contratado

Estar em um relacionamento, muitas vezes, é também viver cercado de dúvidas se a outra pessoa é fiel. Para acabar com a desconfiança de vez, há mulheres que estão ganhando a vida com “testes de fidelidade” e mostrando os resultados na web.

A influenciadora Nicoly Souza é uma delas. Atualmente, essa é a sua principal fonte de renda, que pode chegar a R$ 5 mil por mês. Compartilhando o dia a dia no TikTok, Nicoly cobra cerca de R$ 45 por cada teste realizado — que inclui mandar mensagem para o suposto “traidor”, enviar fotos, áudios e chamá-lo para sair.

A jovem afirma que já ajudou mais de quatro mil mulheres a “se livrarem de relacionamentos tóxicos e abusivos”. “Já aconteceu casos de mulheres com filhos querendo pensão e que não sabiam onde o cara morava para colocar na Justiça. Elas me procuram para ajudar a descobrir onde o sujeito mora”, relatou.

Curadoria

Com um plano que pode durar até cinco dias, ela assegura que não faz nada sem aval da contratante do serviço. “Eu combino tudo com a cliente e vou conversando com o homem de acordo com o que ela for me falando”, conta.

A pessoa que está contratando os serviços pode, inclusive, mandar mensagens prontas e a jovem servir apenas como “intermediadora”. “Ou, se me der liberdade, faço do meu jeito e ela vai me ajudando com algumas informações. Em mando print de tudo e sempre falo com ela antes de responder”, comenta.

Se houver autorização da contratante, Nicoly ainda conta que pode enviar fotos e vídeos, em caso do boy ser desconfiado.

Tem para todo mundo

Os motivos podem ser diversos e a jovem, de 22 anos, compartilha parte do processo com seus seguidores. Há ano no ramo do “teste de fidelidade” , ela conta que começou a prática depois que uma seguidora pediu para “testar” o próprio marido:

“Ela me procurou pelo Instagram dizendo que me achou muito bonita e que eu fazia muito o ‘tipo’ do marido dela. Muito desconfiada, queria que eu desse em cima dele para ver se ele cairia ou não, já que ele já tinha aprontado algumas com ela”, contou.

Após o sucesso da primeira investida, a moça fez um Pix à Nicoly como forma de agradecer pelo favor feito. Foi quando a jovem viu uma chance de ganhar dinheiro, já que ela estava desempregada há um ano e havia acabado de dar à luz sua filha.

De acordo com a jovem, existem mulheres que procuram pelos seus serviços como forma de dar um fim à relação. “Às vezes, já esfriou, ela não ama mais e é só quer um motivo para terminar, então, me procuram para isso também”.

Amantes também optam pelo serviço e por um motivo inusitado: dar fim ao casamento do homem. “Algumas querem testar o cara casado para, no final, eu mostrar o print para a esposa. O intuito é dar fim ao casamento deles para amante ficar no lugar”, comenta.

Há também aquelas que querem testar o “ficante” para saber se vale a pena ou não tentar um relacionamento sério e até o noivo. Apesar de fazer sucesso entre a mulherada, Nicoly conta que sofre frequentes ameaças dos traidores desmascarados:

“Tenho medo, porque sou muito ameaçada pelos caras quando descobrem que faço testes. Já me ameaçaram até de morte. Mesmo errados me ameaçam, me xingam”, conta.