Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > COMPORTAMENTO

Compulsão sexual pode ser sinal para transtorno bipolar, diz estudo

Estudo diz que a compulsão sexual pode servir como sinal de alerta para problemas de saúde mental


				
					Compulsão sexual pode ser sinal para transtorno bipolar, diz estudo
Pessoas com transtorno hipersexual possuem comportamento compulsivo que podem incluir atos sexuais repetitivos.. Getty Images

A compulsão sexual, ou hipersexualidade, é um comportamento compulsivo e obsessivo que envolve a sexualidade, e pode afetar negativamente a saúde, trabalho e relacionamentos. Um novo estudo diz que o problema pode ser um sinal de alerta precoce de um problema de saúde mental, como o transtorno bipolar.

A pesquisa, feita pela instituição de caridade Bipolar UK, do Reino Unido, revelou que quase 90% das pessoas com bipolaridade sofrem com períodos de hipersexualidade, mais comumente conhecidos como dependência sexual.

Leia também

Transtorno hipersexual e bipolaridade

Pessoas com transtorno hipersexual possuem comportamento compulsivo que podem incluir atos sexuais repetitivos, consumo de filmes pornográficos e fantasias sexuais intensas. A doença pode levar o indivíduo à perda da vida social.

Saiba mais no site Metrópoles, clicando aqui.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas