Advogada de Goiás e marido são presos em Maceió suspeitos de integrarem organização criminosa

A prisão ocorreu no bairro da Santa Amélia nesta sexta-feira (9) e foi coordenada pela Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic)

Uma operação integrada entre as secretarias de Segurança Pública de Goiás e de Alagoas prendeu em Maceió uma advogada do estado do Centro-Oeste, suspeita de integrar uma organização criminosa. Assim como ela, o esposo também foi preso. A prisão ocorreu no bairro da Santa Amélia, parte alta de Maceió, nesta sexta-feira (9) e foi coordenada pela Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic).

De acordo com o delegado que cumpriu o mandando, Sidney Tenório,o marido da advogada também estava com mandado de prisão em aberto por roubo e já havia sido preso por dez anos por homicídio em Goiás. Durante o cumprimento do mandado, ele teria tentado fugir da residência pulando do primeiro andar, mas foi capturado.

Os dois, segundo a autoridade policial, estavam foragidos em Maceió, mas havia praticado crimes em Goiás. O casal, segundo Tenório, tem um bebê de quatro meses, que foi entregue ao Conselho Tutelar.

A prisão do casal faz parte da operação Veritas, que foi deflagrada na terça-feira (6) em Goiás, momento em que foram presos advogados suspeitos de ajudarem detentos de facções criminosas.