Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > CIÊNCIA E SAÚDE

Seis pessoas são internadas com parasita raro após comer carne de urso

Família foi infectada e diagnosticada com triquinelose, verme raro que acomete pessoas que comem carne mal-passada


				
					Seis pessoas são internadas com parasita raro após comer carne de urso
Eles foram diagnosticados com triquinose ou triquinelose. Marcos del Mazo/LightRocket via Getty Images

Nos Estados Unidos, uma família inteira foi parar no hospital com um raro tipo de lombriga que não era observada em humanos há 30 anos. Durante uma reunião familiar, eles comeram carne de um urso pardo que caçaram e e deixaram 45 dias armazenada em um freezer antes do churrasco.

Um relatório publicado pelo Centro de Controle de Doenças (CDC) dos EUA no dia 23 de maio detalhou o caso da família. Das nove pessoas presentes, seis foram hospitalizadas com a rara infeccão dos vermes.

Leia também

Eles foram diagnosticados com triquinose ou triquinelose, uma doença que acomete animais selvagens e pode ser transmitida a partir do consumo da carne de caça, especialmente quando crua ou mal cozida.

A condição é causada por uma lombriga (nematelminto) do gênero Trichinella. No Brasil, toda a carne de suínos é testada justamente para evitar que eventuais contatos com javalis selvagens contaminem a carne com o parasita.

A triquinelose leva a um profundo mal-estar gastrointestinal, dores e febre, e o tratamento ágil tem maior sucesso na eliminação dos vermes. Em raros casos, as larvas podem se tornar adultas e penetrar em células do músculo esquelético.

Carne do urso contaminou outros alimentos

O alerta do CDC destacou que pessoas que comem carne de animais selvagens “devem estar cientes que o cozimento adequado é a única maneira confiável de matar os parasitas Trichinella e que a carne infectada pode contaminar outros alimentos se estiver mal-armazenada”.

Duas das pessoas que foram contaminadas pelas lombrigas nem mesmo comeram a carne do urso, apenas vegetais e outras carnes que tiveram contato com a caça.

Todos receberam um vermífugo forte, foram acompanhados no hospital por dois dias e se recuperaram.

Leia a matéria completa em Metrópoles.com

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas