Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > CIÊNCIA E SAÚDE

Hospital de AL é referência na realização de cirurgias de vasectomia

Método contraceptivo masculino envolve um procedimento cirúrgico simples, que leva de 15 a 20 minutos


				
					Hospital de AL é referência na realização de cirurgias de vasectomia
Hospital Metropolitano realiza oito cirurgias de vasectomia pelo SUS. Anderson Oliveira / Ascom Sesau

Considerado um dos métodos contraceptivos mais eficazes, a vasectomia está disponível no Sistema Único de Saúde (SUS). Em Alagoas, o Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió, vem se destacando como referência no procedimento. Mensalmente, cerca de oito pacientes passam pela intervenção cirúrgica, que leva menos de 20 minutos e não há necessidade de internação.

O médico urologista Sérgio Lopes, também responsável pela área no hospital, explicou que, como pré-requisito, o homem deve ter mais de 21 anos de idade ou no mínimo dois filhos vivos. O procedimento cirúrgico leva de 15 a 20 minutos e não há necessidade de internação.

Leia também

“Com o uso de anestesia local, identificamos o canal responsável pela passagem dos espermatozoides. A partir daí, é retirado um fragmento de cada um dos dois canais, a fim de evitar essa passagem e garantir a contracepção”, explicou o urologista.

Segundo o especialista, para uma boa recuperação, o paciente deve fazer repouso, principalmente no dia do procedimento. “O homem deve evitar esforço físico após a cirurgia, entretanto, pode retornar suas atividades em torno de dois dias após o procedimento e não existe risco de hérnia e sangramentos, basta ter os cuidados normais para evitar infecções, que são a troca dos curativos e lavagem com água e sabão neutro, além de tomar os antibióticos prescritos”, esclareceu.

Se formos comparar a cirurgia masculina com a feminina, a masculina é uma cirurgia praticamente indolor para o homem, conforme explicou o médico. “E não o deixa impotente, não mexe com a ereção, não acontece nada relacionado à sexualidade, a não ser bloquear a entrada de espermatozoides”, acrescentou Sérgio Lopes.

Beneficiado

O técnico em telecomunicações Maxuel Costa, de 43 anos, realizou vasectomia recentemente, após decisão em comum com a esposa. “Temos três filhos, um deles já é pai e de uma princesa! Minha esposa queria muito ter uma menina! O nascimento de nossa neta realizou esse sonho. Então, sentamos para conversar sobre a necessidade de fazer o procedimento, e agora concretizamos”, descreveu.

Como ele, o comerciante João Paulino Cavalcante, de 36 anos, também passou pelo procedimento de vasectomia no Hospital Metropolitano de Alagoas recentemente. Ele contou que a cirurgia e o tempo de recuperação foram bastante tranquilos. “Não me arrependo em nada, pois foi uma atitude muito bem pensada. Sou casado e já tenho filhos. Definimos sobre o procedimento e, a partir daí, iniciamos os preparativos no posto de saúde, há 10 meses. Entre o encaminhamento para o HMA e o procedimento, não aguardamos 20 dias”, concluiu.

Como realizar o procedimento pelo SUS

Para realizar a cirurgia de vasectomia, o interessado deve, primeiramente, procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência e expressar a vontade de utilizar o método definitivo de planejamento familiar.

O paciente, então, será encaminhado para um especialista, que apontará os exames pré-operatórios e orientações para a cirurgia. Como se trata de uma esterilização, os pacientes são submetidos a um questionário detalhado e, também, a um tempo de espera de 60 dias para refletirem sobre o assunto. Só depois desse prazo, se o homem continuar com a decisão, a cirurgia será agendada em uma unidade referenciada, como o Hospital Metropolitano de Alagoas.

*Com Assessoria

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas