Dieta da memória: conheça os dez alimentos que ajudam a fortalecer o cérebro

Couve, grãos, peixe e até vinho! Veja o que a Dieta Mind recomenda para favorecer a saúde da nossa mente.

Existe mesmo comida boa para a memória? A nutricionista Silvia pesquisou a relação entre os alimentos e a memória em idosos. A equipe do Globo Repórter conheceu a Dieta Mind - a dieta da mente, criada há apenas quatro anos. Ela é a junção de duas dietas conhecidas: a Mediterrânea e a Dash, contra a hipertensão.
Verdadeiro ou falso? Teste seus conhecimentos e veja o que é mito ou verdade quando o assunto é memória
A dieta foi criada a partir de uma pesquisa feita em um centro de Alzheimer de Chicago, nos Estados Unidos. Quase mil pessoas com mais de 50 anos foram acompanhadas durante cinco anos. Quem adotou esta dieta teve menos perda de memória.
A Dieta Mind tem dez tipos de alimentos saudáveis que devem ser consumidos. São eles: vegetais folhosos e verdes, outros vegetais, oleaginosas, frutas, grãos, cereais integrais, peixe, aves, azeite e vinho. Nesta dieta, cinco tipos de alimentos são considerados prejudiciais e não deveriam ser consumidos mais que uma vez por semana: carnes vermelhas, manteiga e margarina, queijo, bolos e doces, frituras e fast-foods. A dieta funciona como prevenção ao longo da vida. Sabendo dosar, dá para ter momentos prazerosos e saudáveis à mesa.