Covid-19: Brasil recebe maior remessa de vacinas entregues pela Pfizer

Aeronaves vão desembarcar no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. Envios fazem parte do novo cronograma da empresa, que prevê 8,9 milhões de imunizantes até este domingo.

O Brasil recebe, neste domingo (12), a maior remessa de vacinas contra a Covid-19 entregue pela Pfizer desde o início do acordo com o governo federal. A farmacêutica americana envia, em quatro voos diferentes, 5,1 milhões de doses. As aeronaves vão desembarcar no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP).

A previsão inicial era de três lotes. No entanto, a remessa prevista para sábado (11), com 1.392.300 vacinas, foi remanejada e chegou ao terminal em Campinas às 3h02 deste domingo. Os outros três aviões desembarcam em Viracopos ao longo de dia. Veja os horários:

  • 70º Lote: 1.134.900 doses (previsto para 7h30, pousou às 8h05)
  • 71º Lote: 1.521.000 doses (previsto para 14h55)
  • 72º Lote: 1.133.730 doses (previsto para 16h15)

As entregas fazem parte do novo cronograma da empresa, que prevê o envio de 8,9 milhões de doses da vacina ao país até este domingo. As outras entregas foram feitas na quarta (8), quinta (9) e sexta (10), também após uma reprogramação.

A empresa já entregou ao Ministério da Saúde, em 68 lotes, 67,3 milhões das 100 milhões de doses do primeiro contrato com a Pfizer, assinado em 19 de março de 2021 - a companhia deve concluir a entrega até o final de setembro.