Boletim: Mulher de 24 anos, sem comorbidades, morre por Covid-19 em Maceió

Boletim epidemiológico confirma mais cinco óbitos e 63 novos casos da doença em Alagoas

Mais cinco óbitos por Covid-19 e 63 novos casos da doença foram registrados nas últimas 24 horas em Alagoas, de acordo com o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau/AL), divulgado neste domingo (12). Entre as vítimas está uma mulher de 24 anos, sem comorbidades, que faleceu em Maceió.

Até o momento e com o contágio e mortes em queda após o avanço da vacinação, Alagoas possui 6.136 óbitos e 237.182 casos confirmados do novo coronavírus. Do total, 485 estão em isolamento domiciliar, enquanto 230.309 pacientes já finalizaram o período de isolamento e não apresentam mais sintomas, portanto, estão recuperados da doença. Há 3.943 casos em investigação epidemiológica.

Das mortes confirmadas no boletim de hoje, três vítimas eram da capital alagoana e suas do interior do Estado. As vítimas de Maceió eram: um homem de 55 anos, além de duas mulheres de 24 e 75 anos. O homem de 55 anos não tinha comorbidades e morreu no Hospital Arthur Ramos, em Maceió; a mulher de 24 anos não tinha comorbidades e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Tabuleiro do Martins, em Maceió; e a mulher de 75 anos tinha artrite, osteoporose e morreu na Santa Casa, em Maceió.

Em relação às duas vítimas que residiam no interior do Estado, eram duas mulheres de 51 e 55 anos. A mulher de 51 anos, residia em Quebrangulo, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Regional Santa Rita, em Palmeira dos Índios; e a mulher de 55 anos, morava em Porto de Pedras, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Regional do Norte (HRN), em Porto Calvo.

LEITOS DE COVID-19

Dos 538 leitos exclusivos para pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus, 98 estavam ocupados até às 16 horas do sábado (11/9), o que corresponde a 18% do total. Atualmente, 49 pacientes estão em leitos de UTI, quatro ocupando leitos intermediários e 45 em leitos de enfermaria.