Alagoas registra mais 12 mortes e 313 novos casos de Covid-19, aponta boletim da Sesau

Estado chega a 5.809 óbitos em decorrência da Covid-19 e atinge 229.960 casos confirmados do novo coronavírus

Alagoas registrou 12 mortes e 313 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo boletim divulgado neste sábado (31), pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). De acordo com o órgão, nove vítimas eram da capital alagoana e três, do interior do Estado.

Com os dados de hoje, Alagoas chega a 5.809 óbitos em decorrência da Covid-19 e atinge 229.960 casos confirmados do novo coronavírus. Segundo a secretaria, há 7.228 casos em investigação epidemiológica.

De acordo com a Sesau, as vítimas de Maceió eram três homens de 49, 61 e 87 anos, além de seis mulheres de 55, 63, duas de 69, 77 e 78 anos.

O homem de 49 anos não tinha comorbidades e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jacintinho, em Maceió;

homem de 61 anos não tinha comorbidades e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Benedito Bentes, em Maceió;

o homem de 87 anos tinha câncer e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; a mulher de 55 anos tinha doença cardiovascular crônica, diabetes e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Benedito Bentes, em Maceió;

a mulher de 63 anos não tinha comorbidades e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Tabuleiro do Martins, em Maceió;

a primeira mulher de 69 anos era hipertensa e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; a segunda mulher de 69 anos não tinha comorbidades e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Tabuleiro do Martins, em Maceió;

a mulher de 77 anos não tinha comorbidades e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Benedito Bentes, em Maceió;

e a mulher de 78 anos tinha doença cardiovascular crônica, diabetes, obesidade e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió.

Em relação às três vítimas que residiam no interior do Estado, era um homem de 57 anos e duas mulheres de 46 e 73 anos.

O homem de 57 anos, residia em Taquarana, era hipertenso e morreu no Hospital Chama, em Arapiraca;

a mulher de 46 nos, morava em União dos Palmares, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Regional da Mata (HRM), em União dos Palmares;

e a mulher de 73 anos, morava em São José da Tapera, tinha doença cardiovascular, diabetes e morreu no Hospital Clodolfo Rodrigues, em Santana do Ipanema.

*Com informações da assessoria