Alagoas recebe mais de 7 mil doses da vacina da Pfizer para imunização de gestantes, puérperas e transplantados

Imunizantes serão aplicados a partir da próxima quinta-feira (6), com a realização de agendamento

O Ministério da Saúde (MS) enviou para Alagoas, nesta segunda-feira (3), 7.020 doses da vacina da Pfizer para dar início a imunização de gestantes, puérperas e pessoas transplantadas. Os imunizantes serão aplicados a partir da próxima quinta-feira (6), com a realização de agendamento.

Com a nova remessa, as gestantes e puérperas que possuem algum tipo de comorbidade e com idade a partir dos 18 anos poderão ser vacinadas, além de gestantes e puérperas que não apresentem nenhum tipo de comorbidade, com mais de 35 anos de idade, e pessoas transplantadas a partir dos 18 anos.

O agendamento deverá ser feito no site covid19.saude.al.gov.br/agendavacina. A primeira dose estará disponível em três pontos, sendo dois em Maceió - Hospital Metropolitano de Alagoas e Hospital da Mulher - e um em Arapiraca - Centro Estadual de Distribuição e Armazenamento de Imunobiológicos.

Alagoas recebe mais de 7 mil doses da vacina da Pfizer para imunização de gestantes, puérperas e transplantados - Foto: Assessoria

O superintendente de Vigilância em Saúde da Sesau, Herbert Charles Barroo, o agendamento poderá ser feito a partir desta terça-feira (4). “As pessoas transplantadas vão precisar, no momento do agendamento, informar qual órgão foi transplantado e deverão levar as documentações que comprovem a realização do transplante”, explicou.

As gestantes e puérperas com comorbidades devem se guiar pelo Plano Estadual de Vacinação Contra a Covid-19, que definiu as doenças prioritárias nesse momento da campanha de vacinação. Para se ter a imunidade completa com a vacina da Pfizer é preciso aplicar duas doses, respeitando o intervalo de 12 semanas.