STF decide que processos contra Lula ficam com a Justiça Federal do DF

Até então, ainda não existia consenso se seriam encaminhados à Justiça do Distrito Federal ou de São Paulo

A maioria dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu que os quatro processos da Operação Lava Jato contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) devem ser encaminhados para a Justiça Federal do Distrito Federal.

O plenário está reunido para dar sequência ao julgamento iniciado em 14 de abril. O destino das ações contra Lula é um dos dois pontos que são avaliados hoje. O outro é se, com a confirmação da incompetência da 13ª Vara Federal de Curitiba para julgar Lula, outros 14 recursos da defesa de Lula no STF perdem razão de existir.

No último dia 14, o STF manteve a decisão do ministro Edson Fachin que beneficia o ex-presidente. Foram oito votos a favor e três contra. Ao fim do julgamento, ficou de ser decidido se o destino dos processos iriam para o Distrito Federal ou São Paulo.