Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

PL do aborto “jamais iria direto ao plenário” do Senado, diz Pacheco

Texto que equipara aborto a homicídio teve urgência aprovada na Câmara e não passou por comissões


				
					PL do aborto “jamais iria direto ao plenário” do Senado, diz Pacheco
Pacheco foi questionado sobre o PL nesta quinta.. IGO ESTRELA/METRÓPOLES @igoestrela

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), prometeu não atropelar discussões do projeto que equipara o aborto de gestação acima de 22 semanas ao homicídio. Em entrevista coletiva na noite desta quinta-feira (13/6), Pacheco disse que “uma matéria dessa natureza jamais iria direto ao plenário do Senado”.

O mesmo não acontece na Câmara dos Deputados. A Casa aprovou, na última quarta-feira (12/6), em votação em tempo recorde, a urgência do Projeto de Lei (PL) nº 1904/24, que equipara o aborto ao homicídio, incluindo casos de estupro. Com isso, o tema não precisa passar por comissões.

Leia também

Pacheco foi questionado sobre o PL nesta quinta. “Uma matéria dessa natureza jamais, por exemplo, iria direto ao plenário do Senado Federal. Ela deve ser submetida às comissões próprias e é muito importante ouvir inclusive as mulheres do Senado que são legítimas representantes das mulheres brasileiras”, afirmou.

Saiba mais no site Metrópoles, clicando aqui.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X