Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > BRASIL

Vídeo: Michelle chora ao falar em ato de Bolsonaro na Paulista

Ex-primeira-dama criticou atual governo e falou em “assassinato de reputação”

A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL) foi a primeira a discursar no ato convocado para este domingo (25/2) na Avenida Paulista, em São Paulo (SP), convocado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Emocionada, chorou ao falar com o público que chamou de “exército de Deus, de homens e mulheres, exército de patriotas que não desistem da sua nação”.

O discurso de Michelle começou às 15h10, com forte teor religioso. A ex-primeira-dama disse que o governo Bolsonaro foi perseguido por ser associado às religiões. Segundo ela, antes, “ao não misturar política com religião, o mal tomou o espaço” no país.

Leia também

Ela fez referências às mulheres, especialmente àquelas que estão na política: “Como é difícil para nós mulheres estarmos à frente na política, o assassinato da nossa reputação é diário”, disse Michelle.

A fala da ex-primeira-dama foi aplaudida quando ela agradeceu ao governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), por “abrir as portas da casa”. Michelle e Jair Bolsonaro passaram a noite de sábado para domingo no Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo paulista.

Ao fim, como estava programado, Michelle Bolsonaro leu versos religiosos que faziam referência ao “Rei da Glória” e terminou dizendo “abençoamos o Brasil, abençoamos Israel, em nome de Jesus”.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Relacionadas