Jornalista é assassinado com tiros à queima roupa dentro de carro em MT

Horas antes de ser morto, Edney havia feito uma postagem em uma rede social comemorando o resultado das eleições municipais

Um jornalista foi assassinado com tiros à queima-roupa dentro do carro dele na noite desse domingo (15) no Centro de Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá. De acordo com informações da Polícia Militar e da Polícia Civil, Edney Menezes, de 44 anos, foi morto com três tiros na cabeça.
Horas antes de ser morto, Edney havia feito uma postagem em uma rede social comemorando o resultado das eleições municipais.
Até a manhã desta segunda-feira (16) nenhum suspeito havia sido preso.
O crime ocorreu por volta de 21h30 na Rua Getúlio Vargas com a Avenida Itamar Dias.
Os policiais identificaram, por câmeras de segurança, que dois homens em uma motocicleta se aproximaram do carro do jornalista pela contramão.
O suspeito que estava na garupa disparou contra a vítima.
Moradores chamaram a polícia depois de presenciarem o crime. A PM encontrou a vítima já sem vida dentro do veículo, um HB20. O celular e os pertences dele foram deixados no local.
O caso é tratado como homicídio.
As imagens das câmeras de segurança foram recolhidas e serão analisadas na investigação da Polícia Civil.