Homem morto por PM mantinha faca no pescoço da esposa, diz SSP

Morto pela PM manteve a esposa refém em apartamento na Rua Mateus Grou, em Pinheiros, na capital paulista, na manhã deste domingo (10/12)

A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) informou que o homem, de 45 anos, morto durante ação da Polícia Militar (PM), neste domingo (10/12), estava “alterado” e ameaçava matar a esposa dentro do apartamento em Pinheiros, na capital paulista.

O caso ocorreu na Rua Mateus Grou, na zona oeste de São Paulo, nesta manhã. Segundo a pasta, o agressor mantinha uma faca no pescoço da vítima no momento em que foi baleado pelos policiais.

Vizinhos relataram ter ouvido gritos de discussão e pedidos de socorro, vindos do apartamento, motivo pelo qual chamaram a PM. A corporação foi acionada por volta das 8h.

A mulher era mantida refém pelo marido, segundo a investigação. O filho do casal também estava no local, mas foi liberado pelo agressor e levado para outra residência da vizinhança.

O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da PM foi acionado para atuar na ocorrência e resgatar a vítima. “Foram iniciadas negociações, mas o homem estava alterado, ameaçando matar a esposa, com a faca no pescoço dela. Os PMs intervieram e balearam o agressor, que não resistiu aos ferimentos”, detalhou a pasta.

Leia mais em Metrópoles.com

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p