Empresário mata sócio e finge ter sido assaltado para PM

Eles eram donos de uma empresa de móveis planejados

Um empresário foi morto a facadas em Itapema, no Litoral Norte de Santa Catarina. Segundo a polícia, o crime foi cometido pelo sócio da vítima, que ainda ligou para a PM e disse que os dois tinham sido vítimas de um assalto. Conforme era questionado pelos agentes, ele acabou confessando ter cometido o crime e foi preso.

O assassinato ocorreu no fim da tarde de domingo (5/12), no bairro Sertão do Trombudo. Conforme o registro da ocorrência na Polícia Militar, a vítima de 60 anos e o sócio, de 23, tiveram um desentendimento por causa dos negócios. Eles eram donos de uma empresa de móveis planejados. O rapaz teria então golpeado o idoso quatro vezes.

O crime ocorreu dentro do carro da vítima, uma camionete Ford Ranger. O sócio então ligou para a polícia e contou que tinham sido vítimas de um assalto. Porém, não conseguiu sustentar a história por muito tempo e confessou o assassinato. Ele foi preso e o caso está sendo apurado pela Polícia Civil.

Leia mais no NSC Total, parceiro do Metrópoles.