Corpo de mulher desaparecida após cair em buraco durante chuvas é encontrado em Garanhuns

Vítima estava junto com outras pessoas tentando retirar um carro que havia caído no buraco; mulher caiu dentro da tubulação, segundo o Corpo de Bombeiros

Foi encontrado por volta das 10h desta quinta-feira (22) o corpo de uma mulher de 23 anos que estava desaparecida desde a noite da quarta (21) em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ela caiu em um buraco durante as fortes chuvas que foram registradas no Centro da cidade.

O corpo foi encontrado às margens do rio Mundaú, após cerca de 14 horas de buscas, próximo a uma estrada que dá acesso ao centro da cidade.

O meteorologista da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), Thiago do Vale, disse que, nas últimas 24 horas, as estações de monitoramento registraram chuvas de 38 mm e 75 mm em Garanhuns. Essas chuvas ocorreram de forma isolada. A previsão para esta quinta é de continuidade das chuvas no início da tarde e início da noite, com intensidade fraca a moderada.

Ao G1, os bombeiros informaram que a mulher estava junto com outras pessoas tentando retirar um carro do buraco. O veículo estava estacionado na rua Antônio Paulo de Miranda e havia sido arrastado pela força da água. Ainda não se sabe de quem era o automóvel.

Por meio de nota, a Prefeitura de Garanhuns disse ao G1 que, devido às chuvas, "o calçamento afundou e criou uma cratera", causando uma infiltração que rompeu tubulações e causou "diversos estragos no município". "Um outro buraco estava isolado com cavaletes, não sendo o mesmo do acidente desta noite", destacou a nota.

O marido da vítima também chegou a cair no buraco, conforme disse o Corpo de Bombeiros, mas foi resgatado. Os bombeiros também ressaltaram que a mulher desceu pela tubulação e que o calçamento foi quebrado em alguns pontos no intuito de encontrar a vítima.

Um equipe de resgate foi até o córrego onde a tubulação deságua para tentar localizar a mulher, mas devido à baixa visibilidade, as buscas foram interrompidas por volta das 2h desta quinta (22). Segundo o Corpo de Bombeiros, as buscas foram retomadas em torno das 5h30 e a equipe entrou na tubulação para tentar encontrar a vítima.

A Secretaria de Infraestrutura, Obras e Serviços Públicos da Prefeitura de Garanhuns informou, por meio de nota, que foi acionada para a ocorrência, que foi acompanhada pela Defesa Civil, Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) e Polícia Militar, além do Corpo de Bombeiros.

"Há relatos de outros buracos, afundamentos, galerias obstruídas, alagamentos e ruas com problemas em outros locais no município, e [a secretaria] está multiplicando as equipes para atender os chamados. [...] Quanto à Rua Antônio Paulo de Miranda, ressaltamos que havia já serviço da Secretaria de Obras em outro local da artéria, não havendo qualquer ligação com a cratera das chuvas de ontem", destacou a secretaria.

Para qualquer informação e solicitação de serviços, a população pode acionar o telefone da Ouvidoria: (87) 3762-7003.