Bolsonaro e Michelle recebem crianças em cantata de Natal no Alvorada

Cantata é organizada pelo programa Pátria Voluntária, e coordenado por Michelle Bolsonaro, ocorre de forma tradicional desde 2019

O presidente Jair Bolsonaro (PL) e a primeira-dama Michelle Bolsonaro participam, nesta terça-feira (29/11), de uma cantata de Natal no Palácio da Alvorada. Ministros do governo e outras autoridades também marcaram presença no evento.

Na residência oficial da Presidência, os dois recebem cerca de 60 crianças da Casa Azul, organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que atua no combate às desigualdades sociais no Distrito Federal. O encontro não foi aberto à imprensa e não contou com transmissão nos canais oficiais do governo.

O evento, organizado pelo programa Pátria Voluntária e coordenado por Michelle Bolsonaro, ocorre de forma tradicional desde 2019. Nos anos anteriores, a agenda foi realizada no Palácio do Planalto, sede oficial da Presidência da República.

Bolsonaro retorna ao Planalto

Nesta terça, o presidente Jair Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada para despachar do Palácio do Planalto. Foi a quinta vez que o atual chefe do Executivo federal vai ao Planalto desde que foi derrotado por Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições presidenciais deste ano.

A primeira vez que Bolsonaro esteve na sede da Presidência após fracassar na missão de se reeleger foi em 31 de outubro, um dia após o segundo turno. Na ocasião, ele se reuniu com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Em 3 de novembro, o presidente retornou ao local para cumprimentar o vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB). O compromisso não foi divulgado oficialmente.

Na semana passada, em 23 de novembro, após 20 dias de reclusão, Bolsonaro foi à sede oficial da Presidência, onde cumpriu um expediente de cinco horas. Na data, ele recebeu Rogério Marinho (PL-RN), senador eleito e ex-ministro do governo.

No dia seguinte, o presidente retornou ao Palácio do Planalto para se reunir com o subchefe para Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral, Renato de Lima França.