Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > ARTIGOS

Descubra as diferenças cruciais entre lipedema e obesidade

Lipedema é uma condição mal compreendida que afeta milhões de mulheres em todo o mundo


				
					Descubra as diferenças cruciais entre lipedema e obesidade
Dra. Maira Sampaio é graduada em Medicina desde 2006. Arquivo pessoal

O lipedema é uma condição mal compreendida que afeta milhões de mulheres em todo o mundo, mas é frequentemente confundido com obesidade. Ambos os estados podem parecer semelhantes à primeira vista devido ao excesso de gordura corporal, mas são condições muito distintas com implicações diferentes para a saúde, tratamento e manejo. Este artigo explora as principais diferenças clínicas entre lipedema e obesidade, oferecendo insights para tantas mulheres em busca de respostas sobre sua saúde.

1. Distribuição de Gordura

Leia também

**Lipedema**: Caracterizado por um acúmulo anormal de gordura nos membros inferiores e, em alguns casos, nos braços. Esta gordura é simétrica, geralmente afetando ambos os lados do corpo igualmente e criando um "bracelete" de gordura logo acima dos tornozelos e pulsos, poupando os pés e as mãos. Este padrão distinto é uma das principais maneiras de diferenciar o lipedema da obesidade.

**Obesidade**: Na obesidade, a gordura tende a ser distribuída por todo o corpo, incluindo o abdômen, tronco, e áreas faciais, além dos membros. A obesidade é tipicamente causada por uma combinação de ingestão excessiva de calorias, falta de atividade física e fatores genéticos.


				
					Descubra as diferenças cruciais entre lipedema e obesidade
Lipedema é caracterizado por um acúmulo anormal de gordura nos membros inferiores. Reprodução

2. Dor e Sensibilidade

**Lipedema**: Uma característica marcante do lipedema é a dor e sensibilidade nos tecidos afetados. As mulheres com esta condição muitas vezes relatam dor significativa ao toque e uma tendência a desenvolver hematomas facilmente, o que não é típico da obesidade.

**Obesidade**: Embora a obesidade possa estar associada a desconforto geral devido ao excesso de peso, não causa dor diretamente relacionada às áreas de acumulação de gordura, a menos que existam complicações como a osteoartrite.

3. Consistência do Tecido

**Lipedema**: O tecido adiposo afetado pelo lipedema é frequentemente descrito como macio e ondulado, e a pele sobre as áreas afetadas pode exibir um padrão de casca de laranja.

**Obesidade**: Em contraste, na obesidade, o tecido adiposo é geralmente mais firme e não exibe o padrão ondulado ou de casca de laranja característico do lipedema.

4. Resposta à Dieta e Exercício

**Lipedema**: Uma característica frustrante do lipedema é sua resistência a métodos convencionais de perda de peso, como dieta e exercício. As mulheres com lipedema podem perder peso em outras áreas do corpo, mas as áreas afetadas pelo lipedema frequentemente mostram pouca ou nenhuma resposta.

**Obesidade**: A obesidade geralmente responde bem a ajustes na dieta e aumento da atividade física, com redução proporcional de gordura em todo o corpo.

Diferenciar entre lipedema e obesidade é crucial para o tratamento adequado e manejo da saúde. Se você suspeita que pode ter lipedema, é importante procurar a avaliação de um especialista que possa oferecer um diagnóstico preciso e discutir opções de tratamento. Lembre-se, entender corretamente sua condição é o primeiro passo para melhorar sua qualidade de vida.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Relacionadas