Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > ARAPIRACA E REGIÃO

Quem era a jovem que morreu com suspeita de dengue

Ela foi, inclusive, homenageada no sepultamento, realizado nesta quarta-feira (12), por um grupo de cavalgada


				
					Quem era a jovem que morreu com suspeita de dengue
Bianca nutria paixão por cavalos e compartilhava o amor pelo animal nas redes sociais.. Reprodução / Redes Sociais

Bianca Pinheiro Leão tinha apenas 25 anos de idade quando morreu, nessa terça-feira (11). As suspeitas são de que ela tenha sido vítima da dengue hemorrágica, a forma mais grave da doença. A causa da morte está sendo investigada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

A arapiraquense gerenciava uma loja de roupas e costumava divulgar as peças nas redes sociais. Ela também era formada em direito.

Leia também


				
					Quem era a jovem que morreu com suspeita de dengue
Bianca morreu na terça-feira (11) e causas da morte estão sendo investigadas.. Reprodução

Além de ser empresária no ramo da moda, a arapiraquense também nutria paixão por cavalos. Ela foi, inclusive, homenageada no sepultamento, realizado nesta quarta-feira (12), por um grupo de cavalgada que fazia parte, em Arapiraca, cidade do Agreste onde morava.

“É uma associação com 40 associados e a gente veio de uma forma simbólica para mostrar a ela o quanto ela era querida em nosso meio”, disse Elânio Santana, amigo de cavalgada de Bianca, em entrevista à TV Gazeta.

Nas redes sociais, a jovem compartilhava com os amigos os momentos em que ela estava na companhia de cavalos, sempre sorridente. “Cavalgar é como voar sem asas”, afirmou ela uma vez em publicação no Instagram.


				
					Quem era a jovem que morreu com suspeita de dengue
Bianca nutria paixão por cavalos e compartilhar o amor pelo animal nas redes sociais.. Reprodução / Redes Sociais

O velório e sepultamento da jovem foram marcados por lágrimas e emoção de amigos e familiares que compareceram para a despedida precoce de Bianca.

“Toda vida pela frente. Ela 25 e eu 28 anos, a gente sabe muito bem, o tanto que a gente ainda tem para viver e infelizmente não vai conseguir partilhar com ela”, afirmou Bruno Tavares à TV Gazeta.

Já a amiga Erika Ferreira afirma que seguirá sem Bianca, com “dor” no coração.

“Que a gente consiga seguir adiante mesmo com tamanha dor, porque é uma dor imensurável, mas o amor dela vai permanecer vivo em nossos corações”, expressou Erika.

Bianca procurou atendimento médico com sintomas de febre na última sexta-feira (7). No sábado, ela recebeu alta. No entanto, na segunda-feira (10), ela novamente buscou uma unidade de saúde em Arapiraca com sintomas de dengue, momento em que ficou internada. A jovem morreu na terça-feira (11).

Até a última quarta (5), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) confirmou cinco óbitos pela doença em Alagoas, sendo em Atalaia (1), Viçosa (1), Porto de Pedras (1), Rio Largo (1) e Maceió (1). Atualmente, seis estão sob investigação em Teotônio Vilela (1), Boca da Mata (1), Porto de Pedras (1), Viçosa (1), Atalaia (1) e Porto Calvo (1), além da morte de Bianca, em Arapiraca.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X