Mina 18 estava sendo preparada para ser preenchida com areia

As últimas movimentações do solo obrigaram a interrupção dos serviços

A mina 18, que está prevista para colapsar a qualquer momento no bairro do Mutange, estava sendo preparada para ser preenchida com areia. As últimas movimentações do solo obrigaram a interrupção dos serviços. Imagem exclusiva da Gazeta mostra o surgimento de diversas fissuras na superfície do local.

Os alertas estão sendo emitidas pela Defesa Civil de Maceió desde essa quarta-feira (29). Nesta quinta-feira (30), o órgão emitiu um novo alerta máximo, devido ao risco iminente de um rompimento.

O local fica próximo ao antigo campo do CSA. Segundo a Defesa Civil, o colapso pode causar o surgimento de uma cratera.

"Por precaução, a recomendação é clara: a população deve evitar transitar na área desocupada até uma nova atualização da Defesa Civil, enquanto medidas de controle e monitoramento são aplicadas para reduzir o perigo. A equipe de análise da Defesa Civil ressalta que essas informações são baseadas em dados contínuos, incluindo análises sísmicas. A Defesa Civil de Maceió reitera a recomendação de evitar a área desocupada DO ANTIGO CAMPO DO CSA por questões de segurança", avisou a Defesa Civil.

Na região, conforme aponta a Braskem, mineradora que atua na região, a localidade possui 35 minas. Dessas, nove estão sob recomendação para preenchimento com areia.

A mineradora informou que cinco dessas nove já foram preenchidas completamente e uma já está pressurizada, indicando que não é mais necessário completar a cavidade.

Outras três, de acordo com a empresa, estavam com os trabalhos em andamento para o preenchimento, dentre elas, a mina 18.

"Todo o trabalho segue prazos que são pactuados no âmbito do plano de fechamento, que é regulamente reavaliado com a ANM. As atividades para preenchimento da cavidade 18 estavam em andamento e foram suspensas preventivamente devido à movimentação atípica no solo", informou a Braskem.

As demais 21 cavidades, segundo a empresa, estão sendo tamponadas ou monitoradas. A Braskem prevê que a conclusão desses trabalhos ocorram em meados de 2025.

Por ora, as atividades de preenchimento das minas estão suspensas.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p