Foto exclusiva da Gazeta revela fissuras na superfície da mina prevista para colapsar

Pessoas que ainda viviam na área já evacuada, no bairro do Mutange, tiveram que ser retiradas às pressas como medida preventiva

Imagens exclusivas captadas pela Gazeta de Alagoas nesta quinta-feira (30) revelam o surgimento de diversas fissuras na superfície da mina 18, mantida pela Braskem. O local está previsto para colapsar já nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (1°). Por causa disso, pessoas que ainda viviam na área já evacuada, no bairro do Mutange, tiveram que ser retiradas às pressas como medida preventiva.

As imagens mostram que as fissuras se espalham pelo terreno onde fica a mina 18. No meio, há o equipamento instalado pela Braskem para monitorar a movimentação do solo.

A Defesa Civil de Maceió mantém o alerta de rompimento da mina 18 desde essa quarta-feira (30). Uma das previsões era que o desabamento fosse ocorrer às 23h desta quinta. No entanto, um novo prazo foi estimado pela Defesa Civil de Maceió, apontando que a ruptura pode acontecer por volta das 6h da manhã desta sexta.

Nesta quinta-feira (30), o ministro de Transportes do governo federal, Renan Filho, esteve em Alagoas, onde se reuniu com autoridades políticas do Estado e representantes dos ministérios das Cidades, Desenvolvimento Regional e Minas e Energia.

À imprensa, Renan Filho apontou que na região do Mutange há 35 minas, das quais nove estão com previsão para serem preenchidas com areia ou solução líquida concentrada. Segundo ele, quatro foram tamponadas, com o volume totalmente preenchido. Contudo, os trabalhos da mina 18 iniciariam nos próximos dias, mas foram interrompidos.

Após colher informações em reunião com a comitiva do governo federal, Renan Filho disse ainda que os equipamentos de identificação já haviam percebido movimentação de terra desde o dia 6 de novembro, mas houve uma estabilização. Assim, a partir do dia 27, o movimento se intensificou. "Esse movimento já marca a superfície. Já tem ranhuras, rachaduras que têm se intensificado nos últimos dias", afirmou o ministro.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p