Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
HOME > blogs > FATOS & NOTÍCIAS
Imagem ilustrativa da imagem Fórum Extraordinário é realizado nos dias 4 e 5 de junho, em Brasília

BLOG DO
Fatos & Notícias

Fórum Extraordinário é realizado nos dias 4 e 5 de junho, em Brasília

Uma política de comunicação nacional que reflita em todas as regiões do Brasil é uma das grandes iniciativas do Conselho Nacional de Secretários de Comunicação que deverão ser discutidas no próximo encontro no Fórum Extraordinário, a se realizar nos dias 4 e 5 de junho próximo, em Brasília.

No último evento, em Belém do Pará, o jornalista Joaldo Cavalcante, em videoconferência com o então ministro das Comunicações, Paulo Pimenta, defendeu a construção de uma política nacional e regional envolvendo os grandes e necessários temas que o País vem enfrentando nos últimos anos.

INTEGRAÇÃO

É preciso uma integração entre o governo federal e as instituições regionais no sentido de se ter uma comunicação mais eficaz, defendeu Joaldo, destacando o trabalho efetivo desenvolvido pelo Conselho Nacional de Secretários de Comunicação, presidido hoje pelo jornalista André Curvello, do estado da Bahia.

PRODUTIVIDADE

O objetivo na integração de todas as unidades federativas que vem sendo defendida principalmente pelos nove estados nordestinos é conseguir estimular a divulgação de campanhas nacionais e conseguir maior produtividade e parceria nos grandes projetos do governo federal.

ABRANGÊNCIA

O volume de operações policiais em vários segmentos criminosos em Alagoas foi o ponto alto da atuação dos órgãos de segurança nesta semana, com prisão de elementos que participam de organizações criminosas, inclusive de policiais militares suspeitos de fornecer armas e munições para facções em Pernambuco, Bahia e Alagoas.

PREOCUPAÇÃO

A atuação das polícias Federal, Civil e Militar tem sido constante nos últimos dias, e o objetivo é aumentar gradualmente as operações para inibir a participação de quadrilhas e até mesmo de agentes públicos suspeitos de ramificações com organizações criminosas.

VENTO EM POPA

A escolha de candidatos a vice para a Prefeitura de Maceió ainda vai demandar bastante tempo, tanto do lado da situação como da oposição. Os nomes estão sendo avaliados e questionados sobre os alinhamentos para as eleições de 2026. É a chamada casadinha, onde os compromissos são feitos com muita antecedência.

DE FORA

Mesmo com o aparecimento nas redes sociais nos últimos dias, a chance de Davi Davino ser escolhido como vice na chapa do prefeito JHC seria próxima de zero. Aliados de primeira hora dizem, nos bastidores, que essa possibilidade não existe. Nas conversas de corredores, a aliança entre Arthur Lira, Alfredo Gaspar de Mendonça e Fábio Costa é que deverá decidir sobre a escolha, que seria, de antemão, dos nomes de Rodrigo Cunha e Luís Romero Farias.

PENSANDO NAQUILO

Os principais cargos das eleições de 2026 – no caso de governador e senador – têm mobilizado os grupos políticos mais fortes de Alagoas. De um lado a tropa de Arthur Lira e, do outro, os aliados do Governador Paulo Dantas e Renan Calheiros.