Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

TRE atua para aumentar inscrições de mesários voluntários em Alagoas

Objetivo é incentivar a maior participação dessas pessoas no pleito


				
					TRE atua para aumentar inscrições de mesários voluntários em Alagoas
Os mesários são parte essencial do processo eleitoral.

O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) está atuando para ampliar a adesão de mesários voluntários no estado, com o lançamento de campanhas específicas nas redes sociais, na programação das rádios e TVs, além da promoção de eventos para públicos específicos e através da renovação de parcerias com instituições de ensino superior.

Os mesários contribuem de maneira decisiva para o fortalecimento da democracia. Nos dias da eleição, eles recebem o eleitorado, colhem e conferem as assinaturas no caderno de votação, liberam a urna eletrônica para que as pessoas possam exercer o direito ao voto e são responsáveis por assegurar a tranquilidade da seção eleitoral.

Leia também

Em 2022, a Justiça Eleitoral de Alagoas contou com a colaboração de 26.341 mesários, sendo 20.483 convocados e 5.858 voluntários. Desse total, 63% são mulheres (16.609) e 37% são homens (9.732). Apenas 40 pessoas com deficiência atuaram e, do quantitativo total de mesários, 36.94% possuem o ensino médio completo (9.731 pessoas).

A Justiça Eleitoral mantém uma página especial dedicada aos mesários. No Canal do Mésário, é possível conferir um passo a passo sobre como se inscrever, além de tirar todas as dúvidas sobre as funções a serem desempenhadas no dia da eleição.

QUEM PODE SER MESÁRIO?

Todos os eleitores com mais de 18 anos podem se candidatar, desde que estejam em situação regular perante a Justiça Eleitoral.

Após se inscrever no site do TRE ou no aplicativo e-Título, a pessoa passa a fazer parte de uma lista. Assim, quando houver necessidade, quem se candidatou será convocada ou convocado pela respectiva Zona Eleitoral.

Além da contribuição para a democracia, quem conclui o treinamento da Justiça Eleitoral para ser mesário tem direito a dois dias de folga no serviço, independentemente da duração do treinamento e da modalidade – se presencial ou virtual.

A folga de dois dias, sem a perda do salário, também é garantida toda vez que o mesário presta um dia de trabalho à Justiça Eleitoral. No dia da eleição, os mesários também recebem auxílio-alimentação, no valor de R$ 60.

Em Alagoas, desde 2021, a Lei nº 8.542 prevê isenção de pagamento de taxa de inscrição em concursos públicos estaduais para os mesários, caso o candidato tenha participado de duas eleições consecutivas.

Em Alagoas, os dias trabalhados contam como horas complementares em cursos universitários, valendo 30 horas por turno trabalhado. Em caso de concurso público, se houver a previsão em edital, a participação como mesária ou mesário pode valer como vantagem para desempate entre candidatos na disputa por vaga.

*com informações da assessoria.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X